Comentando o Álbum: Offset – Chungha [2017]

E não é que meu hype pelo mais novo comeback da Chungha, me fez garimpar mais coisas dela por aí? Como Already Midnight é apenas um single álbum sem nenhuma mísera b-side, tive que apelar para os lançamentos mais antigos. Um deles é Offset, um EP lançado no começo do ano passado que teve como title o primeiro hino que a Chungha lançou especificamente pras gays baladeiras e tem uma tracklist experimental ao extremo (coisa essa que eu adoro tanto quanto álbuns coesos).

O álbum começa pela intro Offset e como eu já devo ter dito em outros posts, eu geralmente cago pra elas (com excessão de ‘Addict‘). Fiz questão de cita-la aqui só pelo stage divônico dela.

Roller Coaster, como eu já disse no começo do post, é feita para as gays fritarem na balada, porém com um plus, uma mãe inocente que acredita que seu filho está ouvindo músicas dos joguinhos dele, facilmente poderia ser enganada pelo seu poc-mirim por conta do instrumental que emula trilha sonora de arcade. Essa mistura meio bizarra acaba funcionando e tira um pouco o foco do vocal agudo da Chungha, não deixando a coisa ser muito enjoativa. O MV é outro ponto interessante, com ela apostando no neon-concept e acertando divinamente. Já comentei os três primeiros singles pós-debut dela e você pode ler clicando aqui.

Em Do It ela reforça sua imagem mais diva só que jogando no safe. A faixa começa com uma batida reggae e logo já descamba numa gritaria digna de Jessie J, o que poderia ser algo bom, mas infelizmente ela peca pela repetição e em uma ouvida casual até funciona, porém o replay factor é mínimo e dificilmente irei ouvi-la duas vezes no mesmo dia. Mas não deixa de ser boa.

Bad Boy poderia facilmente se encaixar na trilha sonora de A Princesa e o Sapo, o que é um puta elogio. É uma surpresa agradável vindo da Chungha, porque eu jamais imaginaria algo do tipo sendo feito por ela. A letra da música mostra uma garota que ama um menino malvado, mas que sabe que ele não presta e pretende se aproveitar um pouquinho dele antes de chuta-lo. Girl power que fala né?

Seguindo o padrão de álbuns de kpop, Remind Of You vem pra cumprir a cota de baladinha romântica que faz referências ao inverno. Felizmente ela não é tão xoxa como muitas por aí e acaba encerrando o Offset de maneira óbvia porém competente.


O segundo EP da carreira de Chungha acaba sendo bem bom e contém músicas para inúmeras ocasiões e estados de espirito. É legal saber que ele pode acabar tendo uma música favorita para cada pessoa tamanha variedade de estilos aqui presente. Quem sabe não sai um LP ainda esse ano? Esperarei ansiosamente por isso.

Nota: 7,0

Um comentário em “Comentando o Álbum: Offset – Chungha [2017]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s