‘Boy With Luv’ é quase tudo o que eu vinha pedindo do BTS.

Atualmente, quando se fala em k-pop, é o BTS que vem à mente dos leigos. Os sete conseguiram um local de destaque enorme dentro do cenário musical e vira e mexe, quebram vários recordes por aí, assim como o Blackpink, mas os meninos têm uma carreira com mais… esforço. Felizmente, a maioria dos garotos transborda carisma e, pelo menos eu, acho que seja difícil odiá-los, se não fosse uma certa galerinha irritante que decidiu fazer parte do fandom deles com o objetivo de “acabar com o hate que o grupo sofre” (mas que gerou ainda mais hate vindo de quem nunca ligou para eles).

Agora, em 2019, uma nova trilogia se iniciou e eu não faço ideia sobre qual tema ela abordará, pois carrega o nome de ‘Map Of the Soul’ e isso abre margem para muita coisa. Inclusive para coisas mais “descontraídas” (♥).

‘Boy With Luv’ vem exatamente para cumprir com o papel de single descompromissado e com níveis questionáveis de animação, que eu tanto queria ver eles fazendo. Como fã de farofas, sou louco por coisas assim, que existem com o único intuito de divertir quem está ouvindo/assistindo. Eles quase acertaram em ‘DNA‘, mas resolveram trazer uma carga “séria” um pouco maior, com os carões e afins. Também quase conseguiram em ‘IDOL‘ (a bomba), mas preferiram encher a letra da coisa com shade.

Já aqui é tudo tão leve, tão feliz e tão bem feito que não consigo pensar em nada (além da presença de Halsey) que transforme o trabalho em algo de qualidade baixa. A coreografia simples e fofa, quase me faz esquecer do quanto eles devem ter se matado de tanto praticar. O MV propositalmente colorido, enquanto faz um bom uso das cores pastéis (aprenda IZ*ONE) é ótimo e escorre orçamento até os cotovelos.

Voltando ao feat questionável da vez, eu não faço ideia de que car*lhos o BTS faz da vida para chamar essas pessoas para colaborar. Eles já convidaram de dupla-saturada à aleatória-que-ninguém-curte em menos de dois anos e eu nem vou citar a outra lá que só vive de polêmicas, com direito a tacar sapato na cabeça da “amiguinha”. Com um pouco mais de esforço, eles teriam trabalhado com nomes muito mais interessantes do momento. E Halsey está tão aleatória aqui que nem no MV eles precisaram dos versos dela.

O álbum está bem agradável também. Não é dos melhores e na própria discografia deles têm coisas melhores, mas pelo menos não é algo feito atoa.

3 comentários em “‘Boy With Luv’ é quase tudo o que eu vinha pedindo do BTS.

  1. Acho que escolheram a Halsey pelo caráter pseudo-hipster que ela tem no mainstream (assim como foi com o Steve Aoki, The Chainsmokers e Nicki Minaj), sendo que, querendo ou não, esses nomes vendem em meio ao cenário blasé atual dos EUA :/

    Sobre a faixa, eu, como um fã de coisas chill e descompromissadas, adorei este lançamento 😍 Escrevi uma fanfic como se tivesse mil teorias? Escrevi. Mas tentei passar esse mesmo caráter leve e tranquilo (no primeiro capítulo/review, até aparece a Eunha do GFriend kk)

    Além da fanfic e da análise do álbum faixa a faixa, o Aquário Hipster também sorteará o álbum!! Quer saber como ganhar o seu próprio Map Of Soul Persona?? (Ou ver como a Eunha vai interagir com a Halsey na fanfic?? Kk) Dá uma olhada lá 😉🐠 https://aquariohipster.wordpress.com/2019/04/12/review-fanfic-bts-feat-halsey-boy-with-luv/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s