Comentando o Álbum: ‘The ReVe Festival’ Day1 – Red Velvet.

Após sair vários rumores de que o comeback delas seria em abril… nada aconteceu. Depois maio e… nada. Até que enfim chegou junho e… as boleiras finalmente voltaram. YAY! Foi um tempo moderado longe dos holofotes e meio que fez as pessoas sentirem saudades delas. Comercialmente falando parece ter sido uma pausa bem vinda, visto o quanto ‘The ReVe Festival’ Day1 está vendendo bem.

Já em qualidade, a coisa continua a mesma de sempre. Com o grupo lançando músicas que hora agradam geral e horas agradam apenas uma parcela. Mas antes se arriscar do que saturar uma imagem que o próprio grupo tomou como sua (uuii, quase marquei o @girlgroup-da-nação). Mas vamos lá no track by track, uuuuuhhhh babee porque eu tenho bastante coisa para falar.

PS.: roubei o bordão do Ok! Ok! mesmo. E não me arrependo.

Sobre o single Zimzalabim eu já fiz um post inteiro que vocês podem ler aqui, mas algo que não comentei lá, para não queimar assunto atoa, é que de todas as faixas, essa daqui é a penúltima que eu imaginaria virando single. Isso devido a elas sempre lançarem esse tipo de música “try hard” escondida nas b-sides e também pelo fato de que as próximas faixas são muito boas.

Vamos explorar as possíveis titles nos próximos parágrafos? Let’s go!

Começando por Sunny Side Up, esse que seria o comeback de verão perfeito, servindo também como a cota de single reggae MARAVILHOSO de todo ano, se equiparando a hinos como ‘No More‘. A delícia usa dos vocais do quinteto de uma maneira quase abusiva, mas que no final só nos deixa querendo mais.

Sugestão de clipe:

Com Milkshake, também teríamos algo veranesco, porém mais farofento e aegyo que a anterior (se compararmos o modo como elas cantam). Não que a música caia naquela fofurísse absurda de ‘Rookie‘, mas seria como em ‘Ice Cream Cake‘ onde as meninas usariam de suas imagens mais “puritanas” para cantar sobre algo não tão puro assim. A música é bem chiclete e tem um refrãozinho repetitivo bem gostosinho. 8/10.

Sugestão de clipe:

Já em Bing Bing, eu consigo ver a SOTY nascendo por entre as pernas da SM e criando um novo marco para a carreira das boleiras. A maneira como ela é conduzida pelos vocais e instrumental, parece que a qualquer momento algo muito ótimo irá acontecer, fazendo com que o coração bata na velocidade dos “peidos” da música. Em mim, a canção causa quase que a mesma sensação daquele momento pré-viajem onde ela está tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe. Não preciso nem dizer que é minha favorita, né? Um clipe freak no parque de diversões também seria mega adequado a isso aqui. Poxa SM, porque perdestes a oportunidade?

Sugestão de clipe:

Parade nos leva à uma época mais dos colegiais, onde o instrumental conta com sons ambientais de um recreio desses filmes de teenagers que comem sanduíche de geleia no gramado. Aqui seria tão legal vê-las tocando terror em alguma escola e quem sabe até jogando umas espumas de extintor na cara da Regina George. Tá, que Jessie J já fez isso antes, mas quem lembra dela a essa altura do campeonato?

Sugestão de clipe:

A mais inusitada (ainda não decidi se é no bom ou mal sentido), LP, chega quebrando o climinha pop criado até agora e nos traz uma música de elevador que vai muito além de sua função inicial. Ela soa meio deslocada na tracklist, mas antes isso que uma balada modorrenta, certo? Também não é tão forte como as anteriores e eu acredito que seria a única a não dar um single melhor que o feiticinho. Mas só para seguir o padrão e não deixar o post matar os indivíduos com TOC, vou seguir o bonde.

Sugestão de clipe:


É uma pena que eu ouço esse álbum e só penso na quantidade enorme de singles/comeback acima da média que o grupo teria, caso a empresa não resolvesse queimar tudo de uma vez só. Todas as faixas são no mínimo boas e todas tem calibre para segurar a atenção do público em uma performance exceto a última, por exemplo. Infelizmente é algo que eu não posso mudar, mas que bom que tais músicas existem para preencher minhas playlists.

Nota: 8,7


Obs.: confesso que ultrapassei os limites sugerindo alguns clipes cof MILF cofBut who cares?

12 comentários em “Comentando o Álbum: ‘The ReVe Festival’ Day1 – Red Velvet.

  1. Como não gostou de lp.? Essa música me trás uma vibe de elevator e de final de parque de diversões tão bom, que chega até estremece. Mas acho que esse foi o melhor “mini “,delas espero que elas tentem mais faixas reggae no futuro, além de terem dado para joy momentos bem gostosos de ouvir e a wendy e a Seulgi gritaram mais do que comum a yeri não foi esquecida e a irene esta bonita com cara de bunda sexy além de esta cantando bem melhor
    Redelicias voltaram com tudo!!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nem considero red summer mais, só pelo fato de ser o melhor mini delas. Mas ainda espero que elas voltem com estilo red e estilo velvet, por que gosto de musicas esquisitas e essa é uma delas
    Mas espero que elas faça barulho na Coréia, já que eles adoram musicas bagunçadas (Dalla dalla, i got boy, e ate i don’t like tour grilfriend)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s