Comentando o Álbum: Yves – Loona [2017]

Após as units aegyo e sexy, a BBC se encontrava livre mesmo sem nunca ter sido presa por ninguém para ousar ainda mais neste projeto megalomaníaco. Para os fãs, acredito que a apreensão e o medo de uma queda brusca na qualidade era cada vez maior. Como cheguei bem tarde neste bonde, não pude passar por tais experiências, mas olhando daqui de longe, eu queria ter sido uma das ovelhinhas inocentes da BBC, só para ter toda essa sensação de gratidão ao receber os mimos do Loona.

A nona integrante do Loona, Yves, debutou em grande estilo com a maravilhosa New. Mais uma vez a empresa se jogou em um conceito inédito para os solos e muito “indie” se colocado ao lado de seus anteriores. A música cai naquilo de sexy, chique, conceitual e livre, digno de uma Sunmi da vida. Aqui foi muito bem vindo, não só o visual mais adulto da cantora, mas também em como ela imprime sua voz da maneira certa em cada verso, dando exatamente o que esperávamos (mesmo sem saber que estávamos esperando algo).

O clipe também é bem lindo e mais um acerto, sendo aesthetic com um tom mais pesado, formando um paralelo incrível com a integrante mais pastel que já nasceu. Não só isso, como não permitiram que as teorias ficassem apenas nas entrelinhas, trazendo assim, a Vivi para o jogo e já dando spoilers com os animais de futuras integrantes.

A b-side, que dessa vez traz apenas a dona do álbum, é D-1, mais um bom lançamento para o catálogo delas. Eu devo estar fumando algo bem pesado, mas só consigo ouvir isso e pensar em como Yves se parece uma versão mais madura de Kim Lip. E se isso fosse realmente algo pensado pela empresa, poderíamos até traçar uma semelhança com as cores, sendo a da Yves o bordô, que nada mais é que o vermelho escuro. Bom, consigo ver a Lipz cantando e gemendo essa música. Seria ainda melhor se ambas estivessem juntas em um dueto digno de trilha sonora para Afrodite.

Nota: 9,5

9 comentários em “Comentando o Álbum: Yves – Loona [2017]

  1. Ah, as memórias… a Yves foi a primeira integrante que eu conheci já estando totalmente inteirado do projeto do LOONA (tendo visto os MVs anteriores, os episódios do LOONA TV e tals) e que eu acompanhei teaser por teaser até o MV sair. Lembro que havia um medo enorme de que seria um white aegyo por ela aparecer de vestido branco nas primeiras fotos-teaser, o que felizmente não aconteceu.

    new é uma música fantástica, meu segundo solo favorito do grupo. Retrô, classuda e forte. Já não vejo tanta graça em D-1, mas é agradável.

    É interessante lembrar que havia muita dúvida sobre como seria a terceira sub-unit, já que já havia uma unit aegyo e uma unit sexy (mesmo que Girl Front pendesse mais pro aegyo que pro sexy, mas Sweet Crazy Love compensou). Muita gente esperava que elas fossem pender pra um lado hip-hop, e quando o single da Yves saiu, a teoria é que iam apostar numa linha retrô – o que foi por terra com os singles seguintes. No fim, o yyxy é bastante difícil de definir: tematicamente elas representam a última fase da evolução do amor (o amor maduro por si próprio, depois do amor inocente do 1/3 e do amor confessado do OEC), mas sonoramente elas são mais como um meio-termo entre o 1/3 e o OEC (fofinhas, mas com uns elementos “cool” e sombrios como o break de love4eva) – e na historinha do loonaverso, funcionam ainda como a “versão invertida” do 1/3…

    Enfim, Yves marcou o começo de uma fase muito interessante do pré-debut do grupo, e fez isso com louvor.

    Curtido por 1 pessoa

    1. É um meio-termo, eu diria. Tem atitude, claro (que é o fundamental num girl crush), tem roupas mais descoladas (ironicamente os uniformes colegiais icônicos só aparecem no MV da coreografia), mas ao mesmo tempo a música é fofinha e elas esbanjam sorrisos inocentes e demonstrações de carinho.

      Acho que Sweet Crazy Love foi a música que realmente tirou a unit do aegyo. Não que eu esteja reclamando de Girl Front, que é uma música ótima com um MV igualmente ótimo (ao contrário de parte da blogosfera, eu não tenho nada contra o aegyo, desde que seja bem-feito – e felizmente, todos os lançamentos aegyo do LOONA foram muito bons até agora).

      Curtido por 1 pessoa

  2. Rainha, linda gata, ela é espetacular, tanto que faz parecer o circo du soleil uma lona em cima de um toco, Eu vejo um futuro brilhante pra tu, arrasou viada

    Curtido por 1 pessoa

  3. Falando em LOONA, enquanto elas não fazem comeback nem com B#RN nem com o projeto de baladas (HaSeul provavelmente ainda tá de licença), a BBC tá fazendo sessões de autógrafos solo pra algumas integrantes (sei que teve da JinSoul até a Go Won, na ordem de debut delas; não sei se antes da JinSoul teve pras outras). E nessa, ela tem conseguido vender cerca de mil discos de cada uma delas.

    É muito? Não, mas não deixa de ser mais um dinheirinho pra ajudar a pagar os MVs megalomaníacos e a quitar a dívida das moças quando eram trainees. E surpreendentemente elas até estão reentrando no chart da Gaon em top 50 ou até 30, o que mostra que enquanto os dez primeiros do chart vendem números grandes, dali pra baixo nem precisa vender muito pra entrar.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Atualizando: Hyejoo Olivia também fez sessão de autógrafos essa semana e vendeu exatamente mil cópias a mais do disco solo dela (o que não é nada perto das vendas assustadoramente altas do comeback do fromis_9, mas não deixa de ser um trocado a mais pra ajudar a pagar a dívida dela com a BBC).

        Será que as moças do 1/3 serão as últimas? Com a licença da HaSeul, faz sentido – e nesse caso, seria um sinal de que ela já deve estar pra voltar, porque pela ordem as próximas seriam HeeJin, HyunJin e logo depois… ela.

        Curtido por 1 pessoa

  4. O timbre da Yves é um dos meus favoritos do grupo e uma das razões que new é o que é. new me dá uma sensação muito boa, e eu adoro a letra (uma mistura de patinho feio com o conto de Icaro) e os pequenos “easter eggs slash parte das teorias” no MV

    A Yves, na minha opinião, é a que mais potencial pra dar certo como uma solista de peso. Claro que outras tem potencial (eu vejo muito na Lip também) mas ela realmente têm uma presença muito marcante e envolvente.

    D-1 pra mim é ruim, acho que uma das poucas músicas que eu não gosto do LOONA. Eu já tentei escutar várias vezes mas nunca lembro muito de como ela é por isso desisti.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s