Pristin V faz comeback com novo nome e algumas pequenas alterações no line-up.

Pristin foi um grupo bem aleatório no k-pop. As meninas estrearam sob um selo bem estável na indústria capopeira e contavam com um line-up bem competente, além de várias das ex-integrantes já serem figurinhas conhecidas do público.

E as coisas favoráveis sobre elas não paravam por aí. Suas músicas, apesar de não serem imbatíveis, cumpriam com seu papel de apresentar um grupo que poderia se tornar muito grande nesse nicho bubblegum (principalmente no período pós-revamped do Twice, também conhecido como 2019).

Porém, como nem tudo são flores, o grupo passou por vários problemas internos e acabou implodindo antes de conhecer o sucesso, ou pelo menos, algo que chegasse perto disso. Para a nossa sorte, durante este período de incertezas, a Pledis pegou uns trocados da Pinky para debutar a unit Pristin V. Essa, chegou a lançar somente duas músicas, mas já digo de antemão que atualmente considero ambas como a nata de 2018 (principalmente ‘Spotlight‘).

Para o bem ou para o mal, o grupo chegou ao fim antes de promover alguma outra coisa, mas uma empresa recém-fundada resolveu salvar a vida da meia dúzia de fãs que ainda chora pela morte prematura e sem sentido do grupo e principalmente da unit impecável.

Rena, Roa e Eunwoo, formavam a santíssima trindade do Pristin V e usavam seus talentos para carregar as populares, porém dispensáveis Nayoung e Pinky (essa segunda dança super bem, mas é tão idol-lugar-comum que não me faz sentir culpado pelo shade gratuito).

Com o grupo se desfazendo, Nayoung se agarrou na primeira empresa de atores que quis contrato com ela e Pinky continuou na Pledis, pois tem uma carreira solo na China e deve estar cagando dinheiro a essa altura do campeonato. Sobrou para as outras três procurarem abrigo em outro lugar. E felizmente foram todas para a mesma empresa.

Não só isso, como também levaram uma outra ex-Pristin para servir de companhia. É uma pena eu não estar falando de Xiyeon, mas sim da velha (Gyeongwon) que eu mal sei digitar o nome. A empresa atual delas já está fazendo a lição de casa e programou o re-debut das pobres desafortunadas para 03 de novembro 2019 com o single ‘Drip’.

Em uma jogada não habitual e bem questionável, as meninas já performaram sua música de debut no Show Champion para ver se atrai mais algum buzz na hora de chartearem. Como podemos ver, além das 4 meninas temos uma trainee aleatória que eles enfiaram ali para encher espaço e deixar tudo mais parecido com o Pristin V. Semelhanças essas que se estendem também à sonoridade adotada e à coreografia forte porém recheada de movimentos ~fluidos~ que beiram o sexy.

Felizmente o quinteto deu bastante liga, com a santíssima trindade arrasando as aways, Gyeongwon mostrando toda a atitude que a Pledis deixou guardada no porão por puro prediletismo e a nova garota sendo meio aleatória ao estilo Umji em início de carreira (mas acho que ela pode evoluir bastante quando conseguir controlar melhor o nervosismo, assim como a integrante do GFriend o fez).

Se for para colocar numa ordem, eu diria que fica Spotlight>Drip>Get It, tendo uma diferença bem pequena entre uma e outra.

.

.

.

.

.

.

.

Obs.: pela primeira vez na vida escolhi gandaiar no fim de semana, então todos os meus comentários sobre as coisas relevantes dos últimos dias vão dar aquela atrasadinha marota (assim como a playlist mensal). Enquanto isso, estarei tomando uns bons drinks com o pessoal da faculdade.

2 comentários em “Pristin V faz comeback com novo nome e algumas pequenas alterações no line-up.

  1. Apesar do nome duvidoso (sério, acho que os estoques de nomes pra grupo tá muito escasso pq meu pai…) achei um debut sólido, embora não trazendo muita inovação.

    É o tipico girl crush que meio mundo dos grupos aderiu desde o ano passado pra cá, com variáveis niveis de êxito. Eu colocaria o Hinapia no meio entre passavél e bom, gostei da música e da atitude, porém como já disse: nada de muito novo

    Eu fico feliz pelas meninas e até mesmo pelos fãs do Pristin (que descanse em paz) pois pelo menos 4 integrantes redebutaram juntas, o que é raro de se ver no kpop.

    Agora além do nome, eu abomino essa romanização que deram pra Minkyung (Roa) e Kyungwon (Yuha) lol Eu não chegava a ser fã, mas eu era familiarizada com os nomes delas pois assisti PD 101 (Minkyung minha bias btw)

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s