TOP100: As melhores músicas de 2019 – 77°~55°

Ao longo dos meus rascunhos para esta lista aqui, fui percebendo que o ano foi muito bom, já que logo na primeira parte cortei vários hinos. A tendencia daqui pra frente é só ir aparecendo coisas que eu realmente ouvi muito. Então, entre bops e bombas, vamos lá conferir as classificadas entre 77° e 55°.

77° Lips On Lips – Tiffany Young

Tiffany Young foi, de longe, a solista que mais fez sua carreira andar em 2019. Se no ano passado ela nos trouxe coisas mornas, porém agradáveis. Agora tivemos uma cantora realmente pegando tudo que tem de bom e usando a seu favor.

O primeiro de seus hinos a brilhar no TOP100 é ‘Lips On Lips’, essa faixa que conseguiu com sucesso fazer uma transição muito orgânica na carreira dela entre o garota-hipster-de-2018 e o diva-intocável-de-2019. Uma ótima adição ao catálogo da gata.

Leia também: Comentando o Álbum: Lips on Lips – Tiffany Young [2019]

76° Sorry – AOA

AOA resolveu fazer igual ao BEG e tirar uma folga de vários meses. Porém, eis que a Mnet resolveu fazer um reality e a FNC viu nisso a oportunidade de fazer algum dinheiro fácil com as pretty girls. As cinco foram para o Queendom contra suas vontades, mas pelo menos entregaram coisas bem boas como essa ‘Sorry’ aqui, que é daquelas b-sides genéricas e muito agradáveis ao mesmo tempo.

Leia também: Comentando o Álbum: Final Comeback – Queendom [2019]

75° Boy With Luv – BTS feat. Halsey

Taí uma música que me surpreendeu pra caramba nesse ano. O BTS vinha se tornando cada vez mais um grupo muito superestimado, não só pelas fãs, mas pelos próprios compositores, que raramente compunham músicas com o intuito de divertir. Até para soltarem farofas, decidiam enfiar letras que reforçavam a identidade de grupo irritante que eles conquistaram com os anti-armys.

Só que em ‘Boy With Luv’ só pegaram um instrumental ótimo que bebe da fonte do retrô, colocaram uns raps bons e uma letra bem genérica sobre estar apaixonado. Não o bastante, resolveram só dançar e fazer manha na frente da câmera para o clipe. Tudo isso foi muito positivo para o single. Ajudou a dar um alívio para a imagem do grupo antes que os garotos lançassem seu álbum de despedida. E por mais que eu não vá com a cara da Halsey, o timbre dela deixou tudo ainda mais leve e divertido.

Leia também: ‘Boy With Luv’ é quase tudo o que eu vinha pedindo do BTS.

74° Q&A – Cherry Bullet

A primeira tentativa da FNC em fazer um novo girlgroup acontecer foi muito agradável. Cherry Bullet deu seus primeiros passos com bastante confiança e sem ir com muita sede ao pote. Seu single de estréia, ‘Q&A’, é de pura diversão e perfeito para uma playlist aegyo. É realmente uma pena as dez terem tido um comeback muito ruim como follow up. Será que agora que estão com sete integrantes, vão conseguir organizar a casa igual o AOA fez em seu início de carreira? Veremos o que 2020 aguarda.

Leia também: Com o debut de Cherry Bullet, AOA já pode descansar em paz.

73° Aurora – ATEEZ

A melhor música do Seventeen nesses últimos tempos foi, ironicamente, lançada pelo ATEEZ. ‘Aurora’ é bem gostosinha e os meninos conseguiram organizar bem seus vocais para deixar ainda mais escutável. Em algum momento de 2019 eu acabei viciando nela.

Leia também: Pacotão: Heize+BTS, Ha Sungwoon, ATEEZ, Limitless, Baekhyun, Vixx+MonstaX, Arran, 1TEAM e UHSN.

72° Love Talk – JUS2

JUS2 conseguiu ser um dos melhores acts masculinos do ano, com um EP muito forte e cheio de bons bops que poderia até ser vendido como o Reboot dos boygroups. Claro que as garotas-maravilhas têm um álbum quase intocável, mas pelo menos o marketing seria engraçado.

Em resumo, JYP separou dois dos mais interessantes meninos do GOT7 e juntou nessa unit para lançarem as faixas maravilhosas que nem o próprio Sr. Park tem coragem de deixar o Jackson estragar, caso isso virasse uma música do septeto. ‘Love Talk’ é um dos hinos despejados pelo JB e seu amigo que vocês verão nessa lista.

Leia também: Ninguém pediu, mas GOT7 lançou sua segunda unit.

71° And There Was No One Left – Dreamcatcher

Já se perguntaram o que aconteceria se Dreamcatcher e AOA se encontrassem? Pois aqui está a resposta. Essa faixa que eu me recuso a escrever esse nome comprido outra vez, é uma delícia sexy combinada à imagem das rockeiras. Para ser melhor e pegar uma posição realmente alta, só faltou um pouco mais de investimento para fazer um clipe com direito a coreografia, e quem sabe poderia até ter um álbum inteiro nessa pegada para acompanhar. Eu não reclamaria.

Leia também: Pacotão: Yukika, Key feat. Soyeon, Dreamcatcher, DALsooobin, Ravi e Anda.

70° Crown – TXT

A galerinha jovem que vem estreando ultimamente está conseguindo carregar o k-pop de maneira bem competente. Com Sistar, 4Minute, f(x) e outros mortos e enterrados, ficava difícil imaginar que a salvação viria, porém até os garotos estão fazendo bonito.

E melhor, até a Big Hit está conseguindo fazer um boygroup com coisas muito boas. ‘Crown’ é bem legal com sua proposta diferentona tanto na música quanto no clipe. Isso deu ao TXT um debut agradável quase no mesmo nível do Cherry Bullet. A diferença é que a empresa dos garotos conseguiu dar uma continuação decente para seu grupo, aguardem e verão.

Leia também: Sou um corno! E eu amo isso!

69° Sappy – Red Velvet

O primeiro lançamento do Red Velvet no ano foi esse aegyo bem divertido. Ele tem tudo o que elas já entregaram no passado com suas b-sides do lado red, ou seja, é louquinha, cheia de mudanças na melodia e com rap-falado-rapidinho. Sempre adorei e agora não foi diferente.

Leia também: Com ‘Sappy’, Red Velvet ameaça ser o novo Twice (só que com qualidade)!

68° Wave – ATEEZ

Fazendo esse post percebi que esses garotos até que estão tendo um começo de carreira louvável visto tudo o que poderia dar de errado em um boygroup, vide Wanna One. Até a farofinha genérica de verão é boa e quase cai no adolescente-tentando-ser-adulto, mas a interpretação dos garotos no clipe deixa ela mais jovem e com cara de ‘I Swear‘. O que é um puta de um elogio para qualquer um.

Leia também: Pentagon que se cuide, pois o ATEEZ está na sua cola + ATEEZ sabe como agradar um bom fã da Disney.

67° Spring – Park Bom feat. Dara

Park Bom saiu dos confins da Coreia para lançar seus tão amados baladões. ‘Spring’ foi sua primeira e uma das melhores tentativa. A faixa tem tudo o que se espera da boneca-de-botox e conta com um rap inesperado e muito bom, vindo da menina Dara, que está mais linda do que nunca. Se a Bom quiser continuar só lançando essas coisas, não vou reclamar.

Leia também: Hoje é um ótimo dia para ser Park Bom.

66° gogobebe – Mamamoo

E morre um Lunei

‘gogobebe’ está longe de ser a melhor coisa do Mamamoo, mas até que eu achei bem divertida. Gosto quando as quatro lançam esse tipo de single, sem muito foco nos vocais potentes delas. E somada às várias tentativas do YouTube em me fazer amá-la, visto que caía no aleatório de uma forma que beirava o irritante. É mais do que justo ela passar na frente de várias coisas que já cortei anteriormente.

Leia também: Com ‘gogobebe’, Mamamoo dá seu primeiro passo e com pé direito em 2019.

65° Say My Name – ATEEZ

Mais uma desses garotos. ‘Say My Name’ foi uma surpresa, por se tratar de um oppa-fodão bom. Pode até soar que eu sou cadelinha do ATEEZ, mas a verdade é que eu mal acompanho eles nem nada. Estão longe da minha lista de grupos que presto atenção aos teasers ou coisas do tipo. Só estão aqui pois eu realmente adorei suas músicas.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2019 {Janeiro}

64° I Am Not Alone – Sori x Folded Dragons

Eis que a ex-integrante do CocoSori tentou uma carreira solo recheada de coisas agradáveis mas que infelizmente não conseguiram alcançar voos altos. Essa ‘I Am Not Alone’ é a melhor dentre todas e sua aura dramática e sexy na medida certa, me conquistou. É um dos negócios que eu adoraria ver recebendo um pouco mais de atenção.

Leia também: Vem Comigo: SoRi é a nova gostosa do k-pop e faz inveja em Gain e Hyolyn.

63° Illusion – ATEEZ

Prometo que é a última deles rs. Nessa troca louca de conceitos que esses meninos fizeram em 2019, essa aqui acabou se resultando na mais bem sucedida. É a melhor música do Pentagon do ano, btw. Sou grato pelo algoritmo do YouTube me recomendar os singles deles sempre que saem.

Leia também: Pentagon que se cuide, pois o ATEEZ está na sua cola + ATEEZ sabe como agradar um bom fã da Disney.

62° Wanna Go Back – Park Bom

Mais uma baladona pros nossos ouvidos, ‘Wanna Go Back’ se sai bem melhor que as outras lançadas. Acho que a Bom sente falta de verdade do 2NE1 e nessa faixa ela colocou toda a emoção e melancolia que sua voz dá conta. Por mais que sua participação no Queendom rendeu alguns momentos vergonhosos, este é um bom ano para ser ela, né?

Leia também: Comentando o Álbum: Final Comeback – Queendom [2019]

61° Super Clap – Super Junior

Suju resolveu voltar para as farofas e entregou a melhor música deles desde ‘Black Suit‘ (?). ‘Super Clap’ tem tudo o que eles sabem fazer de melhor, contando com bastante humor coreano, coregrafia acessível e boa dinâmica de timbres.

Leia também: Super Junior desiste do latin-pop basicão e cai de cabeça na farofa.

60° I Miss You – Mamamoo

Eu sei que disse que não curti muito essa balada, mas pouco tempo depois, lá estava eu, sofrendo horrores de uma decepção “amorosa” ao som de ‘I Miss You’. Ela me tocou de várias formas, principalmente com o timbre doce e aveludado da Wheein, que é meu favorito do k-pop. Para ficar melhor, só se a integrante apagadinha do Mamamoo cantasse ela sozinha.

Leia também: Uma nova fase do Queendom foi ao ar e temos mais três performances para amar (ou odiar).

59° Birthday – Somi

Ah! A bomba da Somi se classificando entre as 60 melhores do ano. Tem tanta ironia do destino nisso, que nem sei. Eu gostei dessa música quando lançou, dois dias depois não podia nem me imaginar ouvindo ela e meses mais tarde, lá estava eu rebolando loucamente com esse troço super experimental (para não chamar de outras coisas).

Leia também: Os seres-humanos da minha bolha social odiaram o debut da Somi, mas eu gostei…

58° I’m So Pretty – Nature

Eu já disse algumas vezes aqui no blog que adoro esse lado espevitado do Nature, pois rendeu coisas ótimas como essa ‘I’m So Pretty’ que soma os incríveis 10 milhões de views no canal do grupo, mas que não chega nem nos 2 milhões e meio no canal da Stone Music (distribuidora das músicas do grupo, tipo a 1theK). Bot? Aqui tem.

Leia também: Nature, faça um favor a si mesmo e adote de vez essa pegada farofenta. Obrigado.

57° FUN! – fromis_9

fromis_9 continuou com sua jornada dentro do aegyo esquizofrênico do Red Velvet e serviu mais um ótimo single dentro da proposta. As nove tinham uma carreira bem promissora, mas infelizmente, podem acabar nunca mais vendo a luz do sol por conta dos inúmeros problemas que a Mnet vem enfrentando por conta de suas manipulações de votos. Será uma pena se elas acabarem assim.

Leia também: Aparentemente, fromis_9 encontrou seu caminho.

56° Gleam – Mamamoo

Mais um single bom que o Mamamoo despejou que até surpreende por se tratar só de um CF. O quarteto sabe o que faz até na hora do publi. ‘Gleam’ foi mais uma dessas músicas que me agradou pouco quando lançou, mas depois cresceu muito em minha playlist.

Leia também: Pacotão: MonstaX, Day6, fromis_9, 3YE, DJ Hyo, NCT 127, Pentagon, Taeyong, VAV e Mamamoo.

55° Colors – Loona

Loona, infelizmente, só teve um lançamento nesse ano, mas foi muito forte. Trouxe não só um álbum incrível, como b-sides acima da média. ‘Colors’, uma das album tracks é incrível aos ouvidos, conseguindo trazer toda a magia que uma faixa do grupo pede. Também conta com uma coreografia muito boa, que chega a dar dó por não ter ganhado muita atenção da empresa.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2019 {Fevereiro}


Discordam de alguma coisa no meu TOP? Pensou que nunca veria alguma dessas aí aparecendo entre as 100 melhores do ano? Me dê sua opinião aí nos comentários! Logo logo solto o restante. Confira as outras partes do TOP100 a seguir:

{100°~78°}{77°~55°}{54°~33°}{32°~11°}{10°~01°}

11 comentários em “TOP100: As melhores músicas de 2019 – 77°~55°

  1. A triste ironia no caso do fromis_9 foi esse escândalo da Mnet ter estourado bem depois delas terem conseguido o maior hit da carreira… Não sei como Fun! foi nos charts, mas sei que o disco vendeu mais de 60 mil cópias (o que é impressionante pra um grupo relativamente iniciante).

    No mais, Colors é maravilhosa! Adoro como a música e a coreografia têm um ar meio blasé, e de repente vem o pancadão do break.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s