TOP100: As melhores músicas de 2018 – 10°~01°

E chegamos ao tão esperado TOP10! Esse tipo de post consegue me deixar mais exausto que os ‘Conheça o Artista‘, pois é bem complicado escrever comentários diferentes sobre 100 músicas. Mas vamos terminar isso, para que vocês possam gozar se divertir com a playlist final e eu consiga dormir com um blog organizado. A seguir, vocês verão minhas 10 músicas favoritas de 2018, as quais vira e mexe sinto vontade de ouvir em loop.

10° Love Bomb – fromis_9

Foi muito legal ver o fromis_9 se rendendo finalmente ao pop esquizofrênico e lançando a melhor música de 2018 do lado red das boleiras. Além disso, foi em ‘Love Bomb’ que todas as nove mostraram que possuem um ótimo carisma e uma química absurda, mesmo se tratando de um grupo feito em reality. Mas falando do lançamento em si, todas as bagunças na música são boas demais, os vocais muito bem colocados e o clipe com um orçamento curto, porém muito bem administrado.

09° Take Me Higher – ACE

Eu já disse em inúmeros posts o quanto gosto do ACE, mas tenho que acrescentar que ‘Take Me Higher’ foi o gatilho para todo esse meu favoritismo. Essa que é uma das melhores músicas de verão já lançadas por um boygroup. E ainda conta com todo o impacto visual que eles causaram com os figurinos. Quem aí lembra deles sendo esculachados por causa das roupas em 2017, sendo que agora em 2019/20 é super comum a machaiada aparecer mostrando “mais do que deveriam” em seus lançamentos?

Stan o do cabelo preto Jun com sua camisa transparente.

08° Lady – EXID

O ápice do EXID em minhas playlists foi, sem dúvida, ‘Lady’. Particularmente eu amava quando elas tentavam sair fora do safe com essas músicas diferentonas uma vez ao ano. E meu coração quase explodiu de amor quando resolveram abraçar o retrô como se suas vidas dependessem disso. Toda vez que eu ouço, a sensação de alegria e animação tomam conta de mim imediatamente. Btw, como Hani e Jeonghwa estão gostosas nisso, ein?

07° Hann – (G)I-DLE

Em seu primeiro comeback, (G)I-DLE já mostrou que não veio para brincar. Lançaram ‘Hann’, uma das melhores músicas com esse clima trágico e digno de trilha sonora de filme de suspense. Tudo nela funciona. A intro falada da Soyeon dando o tom para o resto da faixa, os assovios que voltam a dar as caras no refrão, o pré-refrão cantado sempre por gatinhas de timbres que se contrastam…

O clipe também é simplesmente perfeito, mesclando cenários mais minimalistas com outros coloridos ao estremo e figurinos perfeitos eu até perdoo a Miyeon usando uma brusinha da Adidas com uma saia “mediterrânea”.

06° Time For The Moon Night – GFriend

Por mais que 2018 não tenha sido tão forte como 2017 (o que seria uma tarefa muito difícil), ele trouxe minhas músicas favoritas de vários artistas. Além dos já citados nesse post, ainda temos GFriend com ‘Time For The Moon Night’. Na época do lançamento não liguei muito, mas pouco tempo depois lá estava eu com o grito da Yuju em loop na minha cabeça. E essa faixa é tão perfeita que nem as 200 tentativas das meninas de recriá-la, foram suficientes para desbancar a original.

05° See Sea – Hyolyn

Falando em ápice de carreira. ‘Dally‘ até impactou por marcar de vez a volta de Hyolyn para o jogo, mas foi com ‘See Sea’ que eu passei a deitar completamente pela Regina George da Coreia. Pegar o tropical house e misturar com uma pegada mais retrô, foi a coisa mais inteligente que já se fizeram em um verão. O resultado foi envolvente e completamente grudento, não só graças aos produtores, pois se não fosse pela voz miada da Hyolyn o resultado seria menos memorável.

04° Bad Boy – Red Velvet

E lembram quando Red Velvet hitou com seu single mais genérico até então? Muita gente reclama que ‘Bad Boy’ não tem nada das boleiras e que poderia ter sido lançada por qualquer outro grupo (incluindo NCT), e eu concordo. Mas isso não tira o mérito dela ser MUITO boa. E eu acho que se no instrumental não temos nada de “fora da caixinha”, nos vocais temos de sobra. As meninas tiveram a chance da carreira de mostrar o quê podem fazer com suas vozes e fizeram muito bonito.

Não só isso, o acompanhamento visual é impecável com cenários escorrendo orçamento e figurinos lindíssimos. Além de todo o fanservice das meninas jogadas na cama e quase se beijando.

03° Jazzclub – BoA

UAU! Um lançamento japonês aparecendo em pleno pódio? Sim! O ano excelente da senhorita BoA também se estendeu aos lançamentos na terra do sol nascente. Fiquei de quatro quando isso aqui saiu e estou nessa posição até hoje. O melhor de tudo é que toda vez que eu fazia alguma prova na faculdade, era essa música que eu sempre queria ouvir, então acho que ficará marcada para sempre na minha vida. Além disso, amo em como o clipe se trata de uma mulher tentando se reerguer de um pé na bunda (Marília Mendonça nunca chegará aos pés da dona da SM).

02° Siren – Sunmi

Nossa, eu amo ‘Siren’ com tanta força, que nem Deus deve dar conta. Sunmi está mais uma vez impecável, entregando aquele híbrido de pop hipster que agrada tanto gays quanto héteros. Foi um grande acerto transformar a demo original nessa versão mais animada e colorida, a qual casou tão bem ao vocal bêbado da rainha!

01° Heroine – Sunmi

E vamos de Sunmi tomando conta das maiores posições do ano? Na época em que isso saiu eu ainda não acompanhava a Sunmi com tanto afinco, então demorei uns dias até descobri-la e me apaixonei. Com o tempo parece que o amor só aumentou pela faixa. A ex-Wonder Girls mostrou mais uma vez que ninguém precisa de um alcance vocal grande para ser uma boa cantora.

Suas novas técnicas que se baseiam em suspiros e uma voz manhosa, me deixam completamente envolvido por ‘Heroine’. Não o bastante, a mensagem do trabalho ainda trás uma energia para superar os problemas (essa daqui eu ouvia antes de fazer as provas). Se bobear é minha música favorita da vida, mas não quero afirmar nada, para não me precipitar.


E assim encerro meu TOP100 de 2018, sendo este um dos anos que mais contribuiu para minhas playlists diárias. Com muitos lançamentos frescos aos meus ouvidos até os dias atuais. Confesso que as três primeiras posições possuem uma margem de diferença muito pequena e em certos momentos até cogitei mudar as posições de ‘Siren’ e ‘Jazzclub’. Porém depois de muito pensar, foi assim que se firmou o ranking.

Acima, vocês podem conferir a playlist que criei no Spotify com todas as músicas na minha ordem de favoritismo. Ao final, ainda vão conferir dezoito faixas que acabaram sendo cortadas. Mas que fique registrada aí a “menção honrosa”.

{100°~78°}{77°~55°}{54°~33°}{32°~11°}{10°~01°}

9 comentários em “TOP100: As melhores músicas de 2018 – 10°~01°

  1. bad boy é extremamente morna, pior title delas, mas pelo menos o conceito é digníssimo (os visuais incríveis!!!!!

    sunmi fada, sempre entregou hinos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s