Comentando o Álbum: Say My Name – Hyolyn [2020]

Eu já fiz uma intro parecida com essa várias vezes, mas acho que é valido repetir na review do primeiro álbum dela sob sua nova empresa. Hyolyn viveu uma vida muito feliz como idol. Ela era a center do Sistar e recebeu todos os biscoitos que a empresa poderia dar. Por muito tempo foi até julgada por ser a “estrelinha” do grupo, enquanto as outras três só pagavam de dançarinas de fundo.

Após o disband do quarteto em 2017, a gata era a maior referência que o k-pop já teve, quando o assunto era verão. E ao invés de renovar o contrato com sua ex-empresa e tentar continuar lançando demos do próprio grupo, ela resolveu sair, montar sua própria empresa e lançar músicas do Sistar sendo uma grande-gostosa-buziness-woman.

É claro que ela não hitou nem nada, mas a própria chegou a ficar chocada com os números mesmo sendo baixos que seus primeiros singles alcançaram (nem ela acreditava que a carreira solo em uma empresa independente renderia alguma coisa).

Desde que resolveu iniciar sua jornada, até agora, Hyolyn despejou alguns poucos singles. Mas não se enganem, pois a qualidade deles foram bem altas. Além de terem sido mais comebacks que o Blackpink, btw. E agora que ela já conseguiu uma graninha para pagar os encartes, resolveu unir todos os singles e lançar como álbum.

Tudo começa com a única b-side inédita. Morning Call é uma faixa sentimental e romântica, dessas que servem como baladinha de k-pop e que poderia ser lançado por qualquer um. Confesso que balada por balada, eu preferiria que ‘youknowbetter‘ estivesse aqui alguém sabe porque ela ficou de fora da tracklist?. Mas até que a “historinha” da música é bem interessante, pois o celular dá uma vibrada e a canção começa. Quando ela termina, o telefone volta a vibrar, dando a impressão de que a faixa se passou nesse pequeno intervalo de segundos entre um toque e outro. Como se a Hyolyn tivesse visto o nome do boy na tela do celular e entrado imediatamente em um momento de puro romantismo.

Em seguida temos o novo single, usado para promover o trabalho. Say My Name, como já dito anteriormente é um reggae gostoso de se ouvir. A gata consegue elevar qualquer demo com seus vocais e o pacote fica ainda melhor com ela piranhando loucamente em um clipe cheio de closes safados. Uma das melhores faixas de verão desse ano (não que a concorrência tenha sido grande).

Para relembrar o momento onde ela fez o nome Hyolyn voltar a encher as pocs de expectativas temos Dally feat Gray. Que é um número bem intimista e que qualquer outra cantora usaria uma coreografia mais calminha de, no máximo, abrir as pernas enquanto fica sentada numa cadeira. Mas isso não está sendo feita por qualquer cantora, a gata rebola, fica de quatro, esfrega a perseguida no chão e sua dançarina/coreografa faz piruetas loucamente.

Sou suspeito para falar da próxima canção, pois considero See Sea sendo o auge da carreira. Ela é super gostosa, bebe da fonte retro em uma época que ainda não era trend e consegue misturar com elementos mais tropicais, deixando mais com a cara da cantora. É claro que não se passa de uma demo do Sistar, contando até com os 10 segundos de “rap” da Bora. Mas foi a melhor que ela conseguiu roubar da Starship antes de bater perna de lá.

Falando em demo do Sistar, em Bae, Hyolyn foi ainda mais safada e nem tentou misturar outros elementos para dar uma afastada na imagem de seu antigo grupo. É o puro single do quarteto, onde os mais atentos já conseguem imaginar exatamente onde cada uma cantaria. E não me levem a mal, eu adoro quando as gatas decidem voltar às origens e entregar aquilo que sabem fazer de melhor.

Para encerrar e também lembrar a todos que ela também canta baladas. 9Lives foi estrategicamente colocada aqui. Confesso que quando foi lançada eu não dei muita bola, mas agora ouço num loop incrível, assim como todos os singles comentados anteriormente. E o clipe ficou lindo também, é uma versão sentimental e reflexiva daquela piranhagem feita em Dally. Além de eu ter amado que a Hyolyn escolheu uma menina muito parecida com ela antes das plásticas, para representar sua versão mais jovem. 10/10 a coesão desse roteiro.

Eu sei que esse EP foi bem safado por parte da gata. Ela usou seus singles previamente lançados para encher tracklist e nem se preocupou em fazer uma b-side inédita memorável. Mas cá entre nós, a qualidade dessas músicas são tão altas que mesmo com algumas já completando 2 anos de lançamento, eu ainda curto muito ouvir ocasionalmente.

Hyolyn sabe as armas que tem em mãos. E o melhor de tudo é que desde 2018 vem mostrando uma habilidade muito grande em usá-las. Se quiser lançar só umas três músicas por ano, igual vem fazendo, não reclamarei. Desde que entregue o que as gays querem.

Nota: 9,0

10 comentários em “Comentando o Álbum: Say My Name – Hyolyn [2020]

  1. o jeito que ela demonstrou ter se abalado depois daquela gafe q o público zumbi cometeu é otimoooo, mas ngm seria capaz de cancelar a mariah carey coreana ne? ou seria?,,,,, nd a ver com o post mas oq vc achou do cover de monster que eunbi e sakura do izone fizeram?😛

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu acho que ela não bombou em sua nova fase por causa da gafe e das polêmicas com bullying, mas de resto até que ele se saiu bem.

      Eu achei o engrish das meninas bem engraçado, mas até que ficou legal (vou fazer um post sobre esses covers) ><

      Curtir

      1. eita n tava sabendo das polêmicas, mas achei engraçado? ela reclamar de fumaça mas ser fumante🗣️🗣️🗣️ hyolyn por deus

        Curtido por 1 pessoa

  2. Acho ela incrível por saber muito bem a imagem que quer passar e fazer questão de mostrar que controla TUDO (tipo, saiu uma performance de Say My Name e tá no vídeo que foi ela que editou), fico na dúvida entre achar isso incrível e pensar em como deve ser difícil trabalhar com alguém que quer controlar tudo kkk

    Curtido por 1 pessoa

  3. A única música desse álbum que ouvi foi dally (sendo a super biolinha do gray que sou), então não posso dar um comentário muito relevante a respeito disso. Mas depois de ver o que escreveu sobre o Park Jihoon fiquei interessada em outras coisas que escreve. Sinceramente, eu simplesmente adorei a forma que você escreve, bem humorado, estruturado e com toda certeza muito leve e divertido de se ler.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s