Pacotão: Ha Sungwoon, Twice, Red Velvet, Jamie, Oh My Girl, Changmin, Loren, Saay, AKMU, Woodz e Loona.

Eu dei uma leve sumidinha, né? Claro que alguns de vocês nem devem ter percebido porque eu meio que me esforcei para trazer as pautas quentes, enquanto elas ainda estavam… quentes? Mas é bem nítido que este blog já teve dias de ouro. Desculpem não cobrir todos os singles mensais do Twice com posts solos e mega inspirados.

Mas sem mais enrolação, vamos aos trecos que eu acumulei para o pacotão. Tem muita coisa legal, que poderia ter rendido uma coluna exclusiva, mas me faltou tempo e inspiração para isso.

Forbidden Island – Ha Sungwoon

Caramba, Taemin deu uma leve derrapada em seu novo single, mas esse ex-Wanna One aqui fez questão de trazer o que o menino de ouro da SM não foi capaz. Tem tudo o que é a cara da nossa bichinha favorita, só faltou mesmo o carisma do cantor.

Se não desceu para vocês, recomendo darem uma segunda chance e adicionar na playlist mesmo assim. Juro que sem a cara morta dele aka acompanhamento visual o treco fica bom de verdade.

Better – Twice

Alguns amigos meus promoveram isso como sendo o Twice lançando uma música melhor que ‘I Can’t Stop Me‘. Porém, confesso que não achei isso tudo.

Ela é muito boa, não me entendam errado. Só não supera o comeback coreano do grupo. Acho até que se tivessem esperado uns dois meses antes de lançá-la, eu colocaria lado a lado com o retrôzinho-quebra-cu. Infelizmente, não foi o caso. Mas continua um excelente número e colabora ainda mais para tentar apagar a existência da horrenda ‘More & More‘.

Look At Me – Joy

Daí que a Joy hitou do nada com uma OST qualquer, música essa que rendeu pra gata até uma indicação à bonsang no Melon Music Awards 2020. E agora a SM parece estar disposta a colocar a gata ao lado da Wendy para lançar baladas. Uma prova disso, esse cover aí de cima, que também veio do nada.

Two Letters – Wendy

Falando em Wendy lançando baladas, a main-vocal do Red Velvet também foi convidada a lançar uma OST para o mesmo dorama que deu o hit da carreira pra Joy. Achei uma faixa bem bonita, mesmo sendo uma balada qualquer. E o timbre da gata colabora muitíssimo para isso.

Apollo 11 – Jamie feat Jay Park

Jamie entrou pro Good Girl e fez todo aquele auê sobre ser uma nova artista e… ela está mesmo diferente, mas sério que todas aquelas performances ótimas foi para transicionar para o hipster-fundo-de-quintal?

Sendo menos amargo, ‘Apollo 11’ é até agradável, mas se não fosse o timbre lindo dela… a faixa ia acabar e eu não me lembraria de nada.

Etoile – Oh My Girl

Oh My Girl lançou seu primeiro single inédito no Japão. E é só isso mesmo.

All That Love – Changmin

Changmin entrou para a lista de idols casados da SM, mas assim como o Chen, não desistiu da carreira de cantor. Também é só mais uma faixa mé, mas ele é gostoso. Então este palco eu dou.

Empty Trash – Loren

Um produtor aí da Black Label decidiu debutar solo e até que ficou bem interessante. Eu não costumo ouvir esses rockzinhos nichados, mas tenho certeza que quem gosta, deve ter batido palminhas ao ouvir ‘Empty Trash’. O cara entrega o conceito com êxito.

Player – Saay

Falando em artista que entregou o que prometeu, Saay veio com essa ‘Player’ e serviu muito na pegada rapper-fumante-gostosa-que-toma-banho-em-sangue-de-virgens.

Happening – AKMU

AKMU fez comeback e eu estranhamente adorei essa balada modorrenta. Será que o cansaço anulou a minha sensatez ou eu só estou ficando velho e entrando para o público alvo da dupla?

Bump Bump – Woodz

Luizinho fez comeback com uma faixa que poderia ter sido de qualquer adolescente-hetero da Disney lá em 2010. E longe de mim reclamar de trecos com cara de Disney. Ainda mais quando estão referenciando este período onde eu era uma criança feliz.

Star – Loona

Nem acredito que vou ter um MV para linkar no meu TOP100 na hora de rasgar seda para a melhor música delas desde ‘Butterfly‘. Btw, o clipe está bem mais coeso com a imagem do grupo do que os dois anteriores. Este comeback foi a vitória dos orbits conceituais e dos não conceituais.

Por hoje era isso que eu tinha pra vocês. É provável que algumas apareçam na playlist de novembro. Ou talvez eu ignore alguma… vamos ver a longevidade delas. E mais, tem coisa que não apareceu nesse post, pois eu estou reunindo forças para escrever post solo. XOXO.

5 comentários em “Pacotão: Ha Sungwoon, Twice, Red Velvet, Jamie, Oh My Girl, Changmin, Loren, Saay, AKMU, Woodz e Loona.

  1. Essa star definitivamente deveria ser a musica principal.
    Why not não é de todo ruim(Só que se não fosse o loona lançando eu nem teria visto até o final) mas no album tem pelo menos umas 3 musicas que funcionariam melhor como title track.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s