Músicas que não estarão no meu TOP100 de 2020 (Parte 1).

Dezembrão chegou com força, para jogar na nossa cara que 2020 foi um ano histórico, no mal sentido. Especialmente no Brasil, onde não tivemos uma semana de sossego, com o governo sendo mais irritante que os winzones quando eu falo mal da fave deles.

Mas voltando o nosso olhar para o k-pop, até que o ano foi MUITO forte. Especialmente da metade do ano pra cá. Onde os artistas perderam o medo do COVID-19 e começaram a jogar todas as cartas que possuíam escondidas na manga, além de começarem a fazer “sociais” e aglomerações nos festivais de fim de ano estou olhando para você Chungha.

Mas dentre todos os cristais lapidados que recebemos e que salvaram a minha vida, também tiveram alguns números meio questionáveis. Estes que eu até curti na época do hype/lançamento, mas que depois de um tempo fiquei me perguntando “por que raios coloquei isso na minha playlist?“. Tá que isso acontece todo ano, mas especialmente em 2020, tem muitas coisas de nomes hypados e também canções que minha bolha social jura que são hinos.

Dito isso, decidi trazer esse post ou melhor, essa dobradinha de posts ainda não sei quando vou soltar a segunda parte. Aqui vocês verão eu arrastar algumas coisinhas na lama. Sendo que meses atrás eu coloquei elas na playlist mensal, bem na cara dura mesmo. Segue o post com as 10 primeiras.

On – BTS

Começando com os queridinhos da criançada. E ‘On’ está longe de ser o pior single do grupo, mas o excesso de miados desafinados do Jimin e a voz de catarro do Suga me fizeram criar um ranço absurdo. O que é uma pena, pois esse clipe aí de cima é bem legal e impactante, além de trazer um Jungkook disposto a mostrar seus mamilos escuros.

The Aswer – AB6IX

Acho que eu já falei isso aqui no blog outras vezes, mas here we go again. AB6IX nasceu com uma proposta meio SHINee e depois disso mudou mais de conceito que o CLC. De todos os trecos, ‘The Answer’ é o que mais me “agradou”, pois a música é bem divertidinha. Porém o Daehwi canta metade dela e eu não suporto o timbre dele. Então nem preciso dizer que rapidinho eu passei a ignorar a existência, né?

Not Shy – ITZY

Deixando os machos de lado e começando a falar das girls, temos ITZY e seu segundo comeback do ano. ‘Not Shy’ não é horrível. Eu até escuto uma vez no mês, mas depois uso os demais 29 dias para dar uma esquecida. Já que ela é bem barulhenta e repetitiva. No geral, o ITZY está sendo uma certa decepção pra mim, porque eu amo demais esse line-up, mas as músicas não são nada do que eu queria ver elas lançando.

E nem nas b-sides elas fogem dessa pegada farofenta-que-tenta-demais. E é uma pena ouvir um EP todinho e depois ficar com dor de cabeça. Mesmo que as músicas não sejam lá ruins. Só é muito barulho colocado num lugar só. Tenho até medo de quando vier o primeiro LP delas.

Soul Lady – Yukika

Além do COVID-19, este ano ficou marcado por todos os artistas apostando no retrô para seus lançamentos. E Yukika foi uma da primeiras a aderir ao estilo que eu amo. Só uma pena as canções dela terem uma cara tão… velha?

Não sei bem explicar, mas quando ouço os singles da gata, parece que estou andando pelas ruas de Seoul em plenos anos 70/80. E essa é uma época que eu jamais gostaria de visitar. Mesmo adorando as músicas e os visuais. Prefiro mil vezes trecos retrô mesclados com algo mais popzinho atual.

Dingga – Mamamoo

Mais um retrôzinho pra lista e dessa vez, bem mais alinhado com meus gostos, por não ser o estilo em sua forma “pura”. Então por que raios eu não amei? Porque o Mamamoo está lançando a mesma música já faz uns bons três comebacks e eu já não aguento mais esse “copia e cola”. Tá até parecendo Blackpink. Deus é mais.

Sour Candy – Lady Gaga & Blackpink

Falando em Pretorosa, o quarteto vem arrasando nos charts e se provaram um dos favoritos na hora de representarem o k-pop em feats importantes provando que pros gringos o estilo só se baseia em BTS e Blackpink. E quando foi anunciado que o grupo se uniria à Lady Gaga, três tipos de pessoas surgiram: os que esperavam o apocalípse, os que esperavam a volta de Jesus Cristo em forma de música e os que estavam ansiosos para ver qual dos dois grupos anteriores estava certo me encaixo neste terceiro.

Acontece que a música veio e… nem é a melhor ou pior do álbum da Gaga. Ela só existe ali no meio da tracklist e é isso. Tá que realmente tem a imagem das duas artistas (as partes da Gaga são muito Gaga e as partes do BP são muito BP). Mas faltou força para ser memorável.

Oh My God – (G)I-DLE

Também fazendo um link com os dois acts anteriores. (G)I-DLE é outro grupo que vem lançando remix da mesma música desde ‘Hann‘ e isso me cansou. Eu sei que a regra é não se mexe em time que está ganhando, mas cá entre nós, Red Velvet só virou meu grupo favorito pela ousadia. Então vou cagar pra esse povo preguiçoso e que tem medo de lançar música diferente.

Obliviate – Lovelyz

Sendo pego na hipocrisia, a próxima música da lista é ‘Obliviate’. Algo totalmente novo e ousado pra carreira do Lovelyz. E não me levem a mal, eu até gosto da música. Porém em um ano onde tivemos muitas coisas boas nessa mesma pegada, as coitadas da Woolim meio que foram engolidas vivas.

So What – Loona

Sim orbits. Até eu parei de fingir. Podem começar a cair na real também. Loona foi um projeto maravilhoso, desde seu conceito às músicas que despejava bimestralmente. Mas aí veio o debut e parece que ninguém sabia o que fazer depois disso. Sem contar nas polêmicas que a empresa caiu por estar passando a perna nos patrocinadores.

No quesito visual, elas ainda são rainhas insuperáveis e sabem entregar como ninguém um fanservice em forma de “teoria”. Mas os singles de 2020… me poupem né? Ainda bem que lançaram clipe pra ‘Star‘ e eu vou poder fingir que essas barulheiras foram um surto coletivo.

More&More – Twice

Falando em barulheira novamente… JYP não estava satisfeito em fazer o ITZY ser um grupo irritante, como também obrigou as Twice a soltarem essa bomba aí. Ainda bem que a Sana chegou na empresa com uma cintaralha no dia seguinte e obrigou o velho a se redimir. Dando pra elas não uma, mas duas SOTYs para lançarem nesse fim de ano.

E por enquanto é isso. Tem alguma bomba aí que vocês amam e queiram me cancelar por eu estar falando mal? Coloquem nos comentários, pois vou amar ler as decepções hahaha

22 comentários em “Músicas que não estarão no meu TOP100 de 2020 (Parte 1).

  1. Tu fez isso só para ganhar umas visu das fanbases e irrita -las ao mesmo tempo??kskskskksks curti a cara de pau,mas boa sorte com tudo isso por que hate é algo desnecessário,mas fã de kpop não tem essa noção ainda.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Na realidade fã de kpop não entende que você pode sim não gostar de diversas músicas de grupos famosos, e isso não significa hate. Agora pronto, pode mais nem falar mal de música, eu hein

      Curtido por 1 pessoa

      1. Maioria é bem assim mesmo ,triste que falta maturidade para isso,eu curto muito not shy e só what mas não vou gastar meu tempo com uma bobagem dessa com uma pessoa de opinião diferente da minha ,seria bom se geral pensasse assim .

        Curtido por 1 pessoa

  2. as gidles são minhas favs e por mais que vc ache isso delas eu não ligo? e ate concordo, omg n vingou cmg mas escuto dumdi dumdi por horasss desde o lançamento… vou continuar lendo os posts e ainda será meu blog fave, sem mais, kpopper deveria é criar vergonha na cara kkkk
    uma msc q não curti nada foi pporappippam da sunmi, n desce de jeito nenhum

    Curtido por 1 pessoa

  3. Nossa, qta música que estará no meu TOP 100 que começo a lançar no dia 21 (Autopublicação é tudo), e tô morrendo de rir com as fanbases surtando no post do IZ*ONE hahahahaha

    Ainda tô vendo quais não vão aparecer no meu (E eu teria que retirar várias se eu fosse colocar os pop ocidentais no meio, então tenho que ver oq farei ainda…)

    Curtido por 1 pessoa

  4. No começo do ano, eu ainda suportava ouvir as músicas do BTS, na vdd até me interessava, a ponto de ver esse vídeo de ON várias vezes, mas depois de Dinamite EU NÃO AGUENTO MAIS ARMY!! E infelizmente isso tbm passou para as músicas do septeto, fazendo com que eu nem desse o trabalho de ouvir o último álbum que eles lançaram.

    De resto, não ouvi e nem quero essa do Ab6ix por tbm não gosta muito do timbre da bicha má, mas amo a música de debut, ué.
    Os “not shy, not me, ITZEEE” começaram a me irritar muito cedo, então raramente escuto tbm, preferindo Wannabe.
    E em um mini álbum onde tem “Shadow, Make me go e Fireworks” – More&More morre na praia.

    Gidle foi só decepção para mim esse ano, tirando o K/DA. Sour Candy, Dingga e Obliviate eu ainda escuto, e só.

    Curtido por 1 pessoa

  5. o ON do bts nunca fui muito fa so escutei duas vezes e depois ignorei para sempre igual dinamite que e musica que mais toca nos anuncio do yt e sou obrigada a ouvir. E para ser sincera cada vez que ouço mais fica mais generica
    O resto do top 10 seu acho muito ruim mesmo e particulamente odeio maioria tirando mm do twice porque acho musica legal e ate rasgo uma ceda
    Espero ver muito gfriend no seu top 100 porque esse ano fui delas

    Curtido por 1 pessoa

  6. Como ousa cortar obliviate? Ela ficou lá na minha 5° favorita do ano, por motivos. Acho essa música tão gostosinha, ela me dá uma vibe que hoje em dia não tem muito no k-pop. 😭

    Curtido por 1 pessoa

  7. Chocada que Oh My God vai ficar de fora.
    Do Itzy eu concordo, mas acho que elas se perderam muito na proposta.
    Eu queria músicas “piriri pororo eu sou sexy e gostosa oh ”
    Mas depois que começou essas músicas chatas de amor, de estar apaixonada eu fiquei “me poupe né Itzy, tu mesmo tinha falado em Dalla que não queria homem nenhum”
    Enquanto elas não voltarem para as músicas de eu sou linda e maravilhosa tô nem aí pra elas.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Acho que eu sou a única pessoa que não deu o trabalho de escutar on por medo da voz do jimin cruzes !!!! more & more cresceu comigo e até que eu engulo ela hoje em dia, na época que saiu foi uma decepção. not shy é okkkkk porém wannabe é melhor!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

  9. On: realmente não gosto klkk não sei se é por que eu não gosto dos bitiesis ou por causa da voz do jimin. Mas fds eu não gosto.

    Not shy: concordo em partes,é uma música barulhenta e repetitiva é, mas ela fugiram daquela pegada de dizer que confiante,sexy etc etc, que veio em mais de 3 comebacks (eu acho),sendo que elas não são,entende?? A chae mesmo disse que ela não é kkk

    Dingga: eu gosto ksksks apesar de ser cópia de hip,gogobebe,wanna be myself etc etc. Eu acho q tem uma pegada meio divertida sla fds.

    More&more: no dia que lançou eu me decepcionei um pouco,o mv tem muito efeito,é muito colorido,não sei eu não gosto,a letra tá de boa. Mas,hoje em dia eu não consigo escutar mais de uma vez ksks

    Oh my god: discordo com respeito,eu acho ela um hino.

    Sour candy: não gosto,simples

    So what: ksksksks eu sinto vergonha delas falando im so bad sla,eu não simpatizei muito não.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s