YG começou a soltar rumores do debut de seu novo girlgroup, agora só falta encontrar uma trainee com hype de CL/Jennie Kim.

Eis que hoje eu estava procrastinando no YouTube, para esperar o domingo acabar, daí recebi uma notificação do WordPress. E lá estava Brave Sound Drop It trazendo mais uma de suas fofocas quentíssimas que eu amo ♥

O novo girlgroup da YG contará com 8 integrantes, divididas em 2 units.

Sim, o grande boato da vez que já existe desde o ano passado é que as irmãs mais novas do Blackpink já estão em processo de treinamento para o debut, o que deve significar que em 2023 elas estrearão. Mas recentemente saíram novas notinhas e fofocas, dizendo que a empresa não só irá debutar um grupo, como também contará com 8 integrantes, as quais serão divididas em 2 units com 4 membros cada.

E eu não sei o que é mais piada nisso tudo a) o fato da empresa estar replicando o mal gerenciamento que marcou a carreira do 2NE1 e que agora também está puxando o Blackpink para trás b) eles prometerem novamente um grupo repleto de integrantes, sendo que todos nós sabemos que eles vão soltar mais um quarteto para continuar lançando as mesmas demos de seus girlgroups anteriores se não sabem, o BP era pra ter 9 meninas c) ainda dizerem que vão ter duas units, para intercalar com os lançamentos do grupo mesmo com a gente sabendo que o Blackpink custava lançar um EP de quatro músicas até ano passado.

Eu olho para a YG e suas promessas e dou risada. Visto que eu cheguei no k-pop em uma época onde 2NE1 já tinha morrido, então não criei nenhum laço com a empresa antes de perceber a grande chacota que ela é. E coitadas dessas trainees que devem estar treinando igual loucas, para depois disputarem vagas em um quarteto.

E digo isso pois, recentemente eu assisti o documentário do Blackpink, onde a Jennie falou que na “fase final de estreia” elas eram em 9 trainees, mas que chegou a hora de debutar e a empresa começou a fazer testes para escolher só as quatro melhores. E fiquei com a pulga atrás da orelha e comecei a criar teorias da conspiração. Será que as 9 não estavam treinando para debutar juntas? Será que o YG enlouqueceu do nada e resolveu cortar 5 gatinhas para lançar o novo 2NE1? Ficam os questionamentos no ar.

Agora é esperar até 2023 para ver o BabyMonster com 8 integrantes virando lenda, da mesma forma que o PinkPunk nunca saiu do papel com suas 9 membros.

Obs.: Brave Sound Drop It é um dos colaboradores do Whatever Music Basement, vão lá dar views no blog porque sem elx esse post não existiria.

Publicidade

12 comentários em “YG começou a soltar rumores do debut de seu novo girlgroup, agora só falta encontrar uma trainee com hype de CL/Jennie Kim.

  1. Valeu pela propaganda no final!

    Uma pena as promessas da YG não valerem nada, porque confesso que gostei da ideia. Ainda mais porque a ideia de units se juntando periodicamente pra formar um megazord era exatamente um dos apelos no pré-debut do LOONA (antes da BBC acabar com as units e só lembrar que elas existiam na hora de separar as meninas pros ensaios fotográficos).

    E o rumor do Baby Monsters também prometia elas como um grupo multicultural, com integrantes coreanas, integrantes japonesas e possivelmente outras nacionalidades também… como fã tanto de k-pop como de j-pop (j-pop de verdade, não músicas com letras em japonês mas que são claramente k-pop), pra mim isso seria muito legal. Mas como essa promessa não deve vingar, o jeito é me contentar mesmo com a trindade nipônica do TWICE… (JYP, você faz muita coisa errada, mas obrigado eternamente por ter passado por cima das regras do seu próprio reality e colocado a Momo no grupo!)

    Curtido por 2 pessoas

    1. Ah, esqueci de comentar: supostamente e surpreendentemente esse Baby Monsters NÃO seguiria a linha “mina fodona” do 2NE1 e BlackPink, segundo os rumores, mas sim iria na linha “fofinha” que entrou em extinção faz uns dois anos… será???

      Curtido por 2 pessoas

    2. Na verdade eu dei uma ignorada nisso, porque ontem mesmo assisti o documentário do BP e lá eles focam muito no fato de Jennie, Rosé e Lisa não serem coreanas.

      Lisa a gente até entende, pois é tailandesa. Mas Jennie e Rosé são só coreanas que moraram em outros países. Acho que esse aspecto “multicultural” seria exatamente igual do BP, com coreanas que se passam de estrangeiras por conta lugares que viveram (mas no final das contas só a Lisa que não é coreana mesmo).

      Curtir

      1. E enquanto a YG promete um grupo “multicultural”, a Mnet dá um passo adiante:

        Produção conjunta entre Coreia do Sul, Japão e China; legal, união de culturas, idiomas e tal. Mas aí a gente lembra como foi o Produce 48, que deveria ser “uma celebração entre dois países” e terminou com a Mnet voltando atrás no acordo de ter um número igual de integrantes por país e deixando só três japonesas entre DOZE ESCOLHIDAS…

        Curtido por 1 pessoa

    3. Eu acho que o conceito do das units deveria ser diferente um do outro para atingir publicos diferentes como o nct era pra ser no começo (antes da sm perceber que só um conceito tinha dado certo e deixar todas as units iguais).

      Curtido por 1 pessoa

  2. Vixi.
    Será que se o Baby Monster estrear as pretorosa irão para o porão?!
    Pois me admira lançarem novo grupo com outro girl group ativo.
    Até o 2ne1 primeiro “disbandou” para as pretorosa estrearem.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s