Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

2021 está tão descompensado… No mês passado eu só tive vontade de comentar UMA música na minha playlist, aí chega agosto MÊS DO MEU ANIVERSÁRIO, caso tenham esquecido e mete uma porrada de lançamentos, incluindo 90% da minha parede inquebrável (só faltou a falsa da Chungha que tinha prometido comeback de verão). Então tem muita coisa a ser falada nesse post, não vou prender vocês aqui na introdução.

Começando pelo Astro que retornou com After Midnight, um single maravilhoso que mistura duas das minhas faixas favoritas deles. E no EP ainda entregaram a fofíssima Footprint e outra chamada My Zone que vai ser perfeita para quem esperava algo mais refinado/adulto vindo deles em 2021.

Outra artista da minha Parede Inquebrável que voltou foi a Sunmi, só que dessa vez com um ÁLBUM! Tá que é um mini, mas mesmo assim, ela trouxe o ótimo single You Can’t Sit With Us, acompanhado de várias demos “veranescas porém sóbrias” que poderiam ter servido em um álbum sazonal do Wonder Girls. Sunny é a mais alegrinha delas e fedendo a verão. 1/6 tem uma guitarrinha apaixonante e caminha no limiar entre melancolia e música sexual. Call foi feita pras pistas, acompanhada do vocal maravilhosamente bêbado da Sunmi. Daí o sol se esconde parcialmente atrás das nuvens mas ainda continua sendo um dia quente de verão e começa a tocar a imersiva/explosiva Narcissism. Por último, Borderline que é meio fora da curva dentro da sonoridade deste trabalho, mas isso porque se trata de uma faixa bem antiga que a Sunmi só lançou digitalmente agora.

E daí que o MÊS DO MEU ANIVERSÁRIO trouxe o RED VELVET de volta com faixas muito legais. Queendom é um single redondinho com as gatas apostando em uma sonoridade nova na singlegrafia. Pose nasceu para dar de mamá para as yags e todo mundo deitou. Mas vi que algumas pessoas não gostaram de Knock On Wood… eu achei bem legal e grudenta, ponto pra elas. Better Be é mais uma pras gayse me faz querer VIVER pelo rap da duplinha Irene&Yeri. Pushin’ N Pullin’ já serve como aquela faixa cheia de elementos que tem em todo álbum delas. E por último encerra com Hello, Sunset que é a baladinha de k-pop porém uma balada boa o suficiente pros fãs conseguirem forçar. No final do dia, esse álbum foi bem legal e redondinho, mesmo não sendo o ápice delas como grupo. Tem gente no k-pop que só lança uma música por ano e está aí decepcionando à meia década. Pelo menos o saldo foi positivo no mundinho reveluv.

E agora chega o momento onde eu ajoelho e m*m* o Soobin até o talo. Piadas gays a parte, só Deus sabe o quanto eu escutei essa porcaria de álbum repaginado do TXT. O novo single LO$ER=LO♡ER é uma delícia grudenta dos infernos. E todas as b-sides são muito boas, incluindo algumas que eu ignorava quando a primeira versão do trabalho foi lançada. Ice Cream é eles pedindo pro Red Velvet passar a coroa pra eles de “reizinhos do submundo” enquanto fazem várias referências à ‘Ice Cream Cake‘. What If I Had Been That Puma trás uma letra bem legal deles se perguntando sobre o que teria acontecido se a Big Hit tivesse transformado os cinco num grupo de oppas, ao invés das pocs que são hoje em dia. MOA Diary é uma música feita pros fãs, porém incrivelmente divertida. Dear Spunik entrega um pop-rock parecido com o single só que mais pesado. E por último, Frost viaja totalmente no ácido e volta a conversar com a discografia do Red Velvet estando recheada de cortes no tempo da música e batidas secas igual trecos como ‘Zimzalabim‘… Sério, se a Big Hit estiver disposta a transformar eles no “RV masculino“… eu já comprei a ideia! As demais músicas do álbum foram adicionadas no mês de maio.

Outro grupo a voltar com álbum repaginado foi o Brave Girls, mas diferente dos outros artistas até agora, eu só salvei o single After We Ride. A faixa é uma delícia melancólica que me transporta para um mundo onde minha única preocupação é sofrer por um amor que ainda não tenho. O resto dos meus problemas que lutem.

E chocando todos os leitores desse blog, fui ouvir um álbum do Stray Kids pela primeira vez e… tem muita porcaria nele, MAS Silent Cry é muito legal por emular aquelas musiquinhas de games de lutinha dos anos 2000. Star Lost surpreende por ser o STRAY KIDS entregando uma musiquinha leve de verão com a cara do ASTRO. Red Light é uma unit nova entre Bangchan e Hyunjin para vender muito stream pros fãs de 50 Tons de Cinza (eu que não vou reclamar). E por último, Surfin’ surpreende de novo por ser o STRAY KIDS emulando uma musiquinha leve de verão com a cara do TXT. O saldo mais positivo da carreira deles até agora.

Outras faixas que são de mornas a muito boas ainda fazem parte das minhas ouvidas casuais e são elas: Dumb Dumb, Weekend, Check It Out, Holiday Party, La Luna, Because it’ll be faster for you to forget me than me loving you, from20, Thrill Ride, Dancing Till We Drop, Paint Me Naked, Summer or Summer, Second, Popping, Strawberry Gum, Presente, Moon Walker, Stalker, Maniac, Gallery, Low Low, Door, Amigo feat Babysoul, Blue Eyes, Promise, Spicy, Just Like These feat George, Outsider e Hate That….

É claro que no meio dessa patota toda tem algumas outras coisas que eu gostaria de comentar a parte… mas aí as outras foram minhas prioridades pelos motivos explicados nos parágrafos individuais. Em um mês com mais de CINQUENTA músicas na playlist o mês do meu aniversário arrasou, eu preciso fazer algumas escolhas difíceis.

Gosta do conteúdo do site? Ajude esse blogueiro a pagar a marmita doando qualquer valor no PIX, com a chave: gostomeu18@gmail.com. Se quiser, também pode encomendar posts e patrociná-los! Apenas lembre-se que alguns conteúdos são mais complexos e difíceis de serem escritos que outros, então faça uma doação consciente ♥

13 comentários em “Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

  1. O Stray Kids recebendo a chance que eles mereciam além das titles que só afasta os menos entusiastas de boy groups 🙌🏻🙌🏻
    #SoltaLogoEsseMVde50TonsDeCinza, BangChaan!!

    Mas agosto teve muitas músicas boas mesmo, TXT afastou totalmente meu rancinho por eles por causa do BTS. E conheci muitos artistas novos tbm, como o from20.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Confesso que eu não gostei tanto de “Queendom” como a blogosfera em geral; achei a música apenas OK. Porém, já fico feliz só pelo fato desse comeback representar que o Red Velvet sobreviveu à tentativa de cancelamento do grupo (nós sabemos como outros girlgroups já foram destruídos quando essas tentativas aconteceram…)!

    Será que em setembro a música do Bonde da HeeJin Perigosa vai entrar?

    (ao contrário do que acontece nos comebacks mais recentes do LOONA, dessa vez eu AMEI o single mas não me impressionei muito com o MV)

    Curtido por 1 pessoa

      1. Bom, é um MV bonito, mas não tem muito enredo; são basicamente as quatro posando de bandidonas, atirando nos outros e uma tentando matar a outra. Tem uma ou outra referência ao loonaverso, mas acho que são só Easter eggs e o MV propriamente dito não conta como parte da história (até porque tecnicamente elas são só convidadas do Ryan Jhun – tipo a Katy Perry naquela música do Zedd – e o MV nem começa com a animação da logo do grupo).

        Mas foi legal ver elas como bandidonas sensuais. Aliás, bem que o LOONA poderia assumir o legado deixado pelo AOA em adotar uma profissão em versão sensual a cada comeback (se bem que não combinaria muito com a Dona Xú, YeoJin e Go Won)… o k-pop precisa de novas garotas dispostas a levar adiante o sexy concept e ser as novas garotas bonitas.

        Curtido por 1 pessoa

      2. (sério, a intro de “Like A Cat” com a frase “the pretty girls are AOA”, pra mim, já está IMORTALIZADA na história de grandes momentos do k-pop)

        Curtido por 1 pessoa

  3. Eu sou tão traumatizada com o skz que tenho até medo de ouvir um álbum deles. Double knot me traumatizou a esse ponto haha
    Brincadeiras a parte, acho a maioria dos integrantes carismáticos, mas é só as músicas mesmo que não me descem

    Curtido por 1 pessoa

      1. É sobre isso KKKKKKK na verdade não tenho nada contra nenhum deles, mas gosto do Bang Chan e acho o Hyunjin o biscoiteiro da geração. Ah, e também conheço o Seungmin só porque ele consegue ser mais cadelinha do Baekhyun do que eu
        Admiro só que eles carregam tudo da discografia sozinhos. Os meninos produzem tudo. Pena que as músicas não são pros meus ouvidos. Tô mais pra ateez quando desapega um pouco do excesso de autotune ou o txt que também ama um autotune mas tem musiquinhas boas

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s