TOP100: As melhores músicas de 2021 – 77°~55°

Nessa segunda parte as coisas começam a esquentar aos poucos. Mesmo assim, ainda temos uma quantidade bem considerável de b-sides ou de trecos que eu não me dei o trabalho de fazer post solo, mas ainda assim cresceram comigo ao longo das semanas. 2021 foi cheio de trecos assim, btw. Confiram as faixas que ficaram entre as 77° e 55° posições.

77° Perfect World – Twice

Essa do Twice veio muito de surpresa, pois elas tinham acabado de fazer comeback de verão na Coreia e o JYP meteu elas nesse girlcrush para arrancar dinheiro dos japoneses. Quando a música lançou, eu fiquei bastante empolgado, mas pouco tempo depois ela foi caindo até chegar aqui. Ainda assim é uma boa posição e mostra que o Twice teve um bom ano. Acompanhem só para ver as meninas brilhando.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Junho}

76° Check It Out – Weeekly

Nem só de singles para o Tik Tok vive um Weeekly. Elas também tem b-sides muito adoráveis, dessas que os produtores rezam para viralizar no mesmo app e eles poderem mandar um e-mail pra empresa, espumando sobre a péssima decisão de escolha na hora do single, sendo que a música deles fez mais sucesso.

‘Check It Out’ não explodiu e ficou meio escondida na fanbase, mas é legal de imaginar essas rinhas de produtores nos bastidores. E ainda assim, é uma música bem legal para um dia onde você acordar vomitando arco-íris.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

75° Kiss Your Lips – WJSN-The Black

A unit piranhuda do WJSN viajou no tempo para resgatar esse tropical-house de 2017. No geral, daria um single saturado lá naquela época. E é um estilo que eu gosto bastante de ouvir de maneira moderada, então em um 2021 que ela meio que foi a única nesse estilo… ouvi horrores. E é bom imaginar um clipe com as quatro batendo em macho.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Maio}

74° Dear Sputnick – TXT

E eis que o TXT começou a dar a carinha nesse TOP. Esperem só para ver o quanto esses boiolinhas arrasaram no meu 2021. Enquanto isso, vamos botar ‘Dear Sputnik’ no talo para viajar com eles em uma aventura espacial-teen-rockeira direto aos confins do universo. Gosto muito do clima de suspense e a crescente que a música se dá. Principalmente com o final dramático, onde tudo fica na base da gritaria e da guitarra pesadona. Me lembra as b-sides que o BTS gostava de soltar até 2018.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

73° Fever – Brave Girls

QUARTA b-side seguida, aqui temos Brave Girls surfando numa filha de ‘We Ride‘. E eu não julgo elas, né? Por mais que esse estilo não vai muito longe no meu gosto pessoal, as quatro tem vocais únicos e bem gostosos de se ouvir. E além disso, precisaram aproveitar que a Coreia acordou para elas e começaram a jogar no safe por motivos óbvios. Ninguém queria colocar o sucesso a perder.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Junho}

72° First – Everglow

Eu sei que é meio um consenso entre os ggstan de não gostar de ‘First’. E eu fazia parte desse pacto até alguns meses atrás… mas aí DO NADA eu ficava lembrando das partes da Mia metade da música, junto com a fritação de miolos que é esse instrumental. E depois lá estava eu assistindo o clipe sem cessar. Aliás, que clipe bonito, não? A Yuehua conseguiu entregar tudo o que boygroups como Stray Kids sonham. Não atoa eles lançaram uma música sobre trovões logo depois.

Leia também: Everglow está de volta em sua área para tentar suprir a falta do Blackpink.

71° Get Set Yo – MJ feat Kim Tae Yeon

Hello everyone, gay! Essa do MJ é muito boa. Uma música com cara de Coreia trot, mas sem cair naquelas breguices chatas que os humoristas adoram lançar. Ainda conta com um clipe barato, porém eficaz, com o MJ servindo o maior carisma do ano. Só não ficou mais alta nesse ranking, pois eu dei uma esquecida de ouvir durante algum tempo.

Leia também: MJ esmurra a concorrência e entrega mais carisma que Eunbi e Jo Yuri juntas.

70° Dance On My Own – Loona

Uma das baladinhas mais gostosas de se ouvir vindo do Loona. Isso mostra as 12 se jogando numa mistura de música de fim ano com Disney-act. E ainda é super engraçadinho ver algumas delas apanhando horrores para cantar meia dúzia de palavras em inglês, enquanto a Yeojin faz lipsynk no coro com cara de quem é super fluente no idioma. Fofura pura.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Junho}

69° Odd Eye – Dreamcatcher

Eu gosto muito em como ‘Odd Eye’ começa com uns sintetizadores do NCT, para depois desembocar em mais um dos grandes números do Dreamcatcher. Acho que dessas tentativas do k-pop de misturar os elementos do NCT na própria discografia, essa é a melhor. Até porque dura 2 segundos e depois já temos o rockzão repleto de gritos e melodias. E também é muito legal ver a evolução do grupo que passou de menininhas-encapetadas para grandes-gostosas-donas-do-inferno. Baita evolução.

Leia também: Dreamcatcher continua entregando consistência e colhendo os frutos disso.

68° Dun Dun Dance – Oh My Girl

Oh My Girl tem sido a maior decepção pós-Queendom por simplesmente não aproveitarem o hype para socar uns 15 singles no ano. Ao invés disso, a empresa está se mostrando uma grande inútil, conseguindo promover somente um grupo de cada vez e o escolhido foi o ONF. Mas pelo menos as fofinhas lançaram essa filha de ‘Dynamite’, que consegue ser mais divertida e adorável que sua predecessora.

Agora que o ONF vai pro exército, a empresa precisa focar sua atenção em alguém. E eu fico dividido entre torcer para o Oh My Girl lançar mais coisas antes do disband e/ou o girlgroup da irmã-Chae finalmente sair do papel. Vamos ver o que o CEO decide… Mas parece que recentemente a irmã-Chae saiu da lista de artistas da empresa… então vai saber, né?

Leia também: É isso aí… agora todo mundo ama ‘Dynamite’ e o culpado é o Oh My Girl.

67° Alcohol-Free – Twice

Eu falei muito mal dessa aqui, para dias depois estar lá fazendo a dança da lombriga-vermifugada, junto com a Momo. Tá que a coreografia continua sendo péssima e me faz dar altas gargalhadas, mas a música compensa. É uma bossa nova muito gostosinha e o refrão é chiclete puro. Dá até para desconfiar que alguma delas tem sangue brasileiro. E quem diria que o Twice seria tão versátil a essa altura do campeonato?

Leia também: Em meio a bossa nova e bebidas alcóolicas, JYP obriga o Twice a passar vergonha.

66° Giant – Yuqi

Yuqi realmente usou seu vozeirão para cantar umas músicas pesadonas e obscuras. ‘Giant’ é muito boa, contando com uma progressão deliciosa, para desembocar num refrão super Disney. Parece até que ela pegou essa da gaveta da Demi Lovato (da época que ela ainda deixava o Mickey escolher suas demos). Adoro.

Leia também: Pacotão: TRI.BE, Taemin, Jihyo, Enhypen, Heize, Song Joongki, Bling Bling, Pixy, TO1, Yuqi, Park Hyekyung e Joy.

65° LMLY – Jackson Wang

O Jackson decidiu que seria o The Weeknd da China e vem seguindo todos os passos do seu cantor modelo. Com ‘LMLY’ sendo o retrô-After-Hours com pegada romântica e trágica. Gosto bastante e o menino Wang é um colírio aos olhos. Sem contar que ele sempre arrasa nos enredos dos clipes. Dessa vez, mostrando sua paixão platônica pela gatinha que só quer saber do riquinho filho da p*ta.

Leia também: Jackson Wang está disposto a fazer tudo para dar orgulho a seu papai (The Weeknd).

64° Beam Beam – Soyeon

A Soojin precisou sofrer um exposed pra Soyeon conseguir um comeback solo. Por mim tudo bem esse sacrifício ser feito, se significar mais ‘Beam Beam’ vindo ao mundo. Aqui temos a gatinha mostrando todas as suas habilidades como compositora que usa softwares piratas em um rap descompromissado e refrão super divertido. Vez ou outra eu canso do timbre dela, por isso a faixa não está tão alta, mas ainda assim merece biscoitos.

Leia também: ‘Beam Beam’ é o ápice da Soyeon como cantora/compositora/produtora.

63° La Luna – Weeekly

Em seu quarto mini álbum, Weeekly resolveu que finalmente lançaria a b-side Red Velvet que todo santo girlgroup sonha. ‘La Luna’ tem um clima muito imersivo e teatral, com o instrumental sendo uma maluquice deliciosa. Me lembra muito ‘You Better Know‘. E isso é um puta elogio pra ela.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

62° Pushin’ N Pullin’ – Red Velvet

Falando nas boleiras e em instrumental maluco, temos uma b-side do mais recente EP delas. Álbum esse que em um primeiro momento eu não sabia escolher qual a minha faixa favorita, só que com o tempo elas foram se estabilizando no meu ranking pessoal e essa acabou não ficando tão alta. Ainda assim, acho uma baita música e não me canso da estrutura de músicas delas que envolve instrumental maluco – Seulg, Joy e Wendy nos vocais – versos falados de Irene e Yeri – uma bridge com muita emoção e por aí vai.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

61° Hate That… – Key feat Taeyeon

Eu odeio o fato de que quando uma gay se une a uma sapatão, elas só lançam essas baladas, sendo que poderiam estar rebolando o cu na frente da câmera.

Ainda assim, Key e Taeyeon tem carisma e vocais suficientes para fazer qualquer treco fácil de engolir. E ‘Hate That…’ ainda tem um contexto segundo as vozes da minha cabeça muito trágico. Pois eu interpretei de primeira que isso aqui era uma música pro Jonghyun, sobre os dois estarem se afogando em mágoa, enquanto o reizinho não precisa mais se preocupar com a merda de vida. Trágico. E me faz chorar toda vez.

Leia também: Pacotão: DJ Soda, Lost Chameleon, Momoland, Lee Hi, Woodz, DPR Live, KittiB, Sungeun, BTOB, MCND, PrittiG, Key e Taeyeon.

60° Good Girl – HyunA

Mudando totalmente o clima da lista em 360°, temos HyunA com um dos seus pancadões lançados esse ano. Em um primeiro momento, ‘Good Girl’ me soou muito bagunçada, porém o tempo passou e virou uma das mais ouvidas aqui em casa no primeiro semestre. Ainda mais se tratando de uma música, onde a cantora assume que não está nem aí para o que os outros pensam e que vai continuar sendo essa gostosona magrela e fodase o resto. Só não ranqueou mais alto porque eu cansei de agosto pra frente.

Leia também: Pacotão: DalSooobin, Hwasa, Jackson Wang, Seulgi, BewhY, Qodes, BiBi, CIX, HyunA, Momoland, Chromance e Aespa.

59° Stereotype – Stayc

Yoon e amigas decidiram não se arriscar muito nessa fase de ascensão que elas estão experimentando. Isso pode ser bom, pois estão servindo músicas bem divertidas e que são difíceis de enjoar. Só que também pode ser ruim, se elas não se reinventarem em breve vai ficar tipo um Twice-de-2018tm. Espero que os Black Eyed Pilseung sejam mais espertos que isso.

Leia também: STAYC continua se fazendo relevante na indústria… mesmo sem se arriscar muito.

58° Don’t Call Me – SHINee

Essa daqui vai dividir opiniões, já que é mais uma música do NCT, só que mesclada com sonoridades do EXO e do próprio SHINee. E eu confesso que também não acho ela lá muito boa. Só que Key e Minho me hipnotizaram, então viciei por conta da exposição absurda que passei, por querer ver essas duas bichas rebolando nos stages. Acontece com os melhores de nós.

Leia também: SHINee is back… com um single que deveria ser a pegada do SuperM desde o início.

57° Knock On Wood – Red Velvet

Mais uma b-side do RV dando as caras por aqui. E agora temos mais uma com instrumental estranho e que me cativa muito por a cada segundo aparecer um negócio novo. Além disso, ela tem aquela pegada velvet em seus versos, que contrasta com refrão totalmente red. Deu muito certo em ‘Butterflies‘ e agora não poderia ser diferente.

Leia também: Playlist Mensal – Best Of 2021 {Agosto}

56° Bad Love – Key

O Key FINALMENTE soltou a piranha que existe em seu ser. Pra mim era uma grande decepção ele ser essa poczinha dentro do SHINee e depois só lançar uns bagulhos de hétero na carreira solo. Felizmente ‘Bad Love’ nasceu para fazer ele usar mil looks boiolinhas, enquanto serve um clipe lindo misturando a produção de um filme, com o resultado final em si.

Leia também: Key finalmente abraça o lado bicha-sexy em seu novo single ‘Bad Love’.

55° Can We Talk Again – Purple Kiss

Eu fico muito feliz que as irmãzinhas do Mamamoo vieram ao mundo para servir demos do “old-kpop“. Essa aqui por exemplo, é uma daquelas baladonas melancólicas que também beira o sensual que era super comum entre 2012 e 2014. E o line-up em si parece ter sido montado com esse objetivo também. Temos as vocalistas poderosas, a rapper com voz esganiçada e as meninas que ficam no fundo sendo visuais e cantando duas palavrinhas. Estou ansioso pelo futuro delas.

Leia também: Purple Kiss está disposto a fazer tudo pelas cacuras do k-pop.

E assim terminamos a segunda parte do TOP100. Alguma favorita de vocês morreu cedo? Ou alguma bomba que ficou colocada em uma posição muito alta? Comentem seus pitacos, que eu sempre adoro ler!

{100°~78°}{77°~55°}{54°~33°}{32°~11°}{10°~01°}

Gosta do conteúdo do site? Ajude esse blogayro a pagar a marmita doando qualquer valor no PIX, com a chave: gostomeu18@gmail.com. Se quiser, também pode encomendar posts e patrociná-los! Apenas lembre-se que alguns conteúdos são mais complexos e difíceis de serem escritos que outros, então faça uma doação consciente ♥

12 comentários em “TOP100: As melhores músicas de 2021 – 77°~55°

  1. Tu é muito hipocrita meteu pau em varias musicas do twice esse ano ,para no final elas darem as caras kskskss no top

    Sobre pushin n pullin eu tenho um apego emocional com essa música demais ,maluco ,mas no final é um bom top .
    Tem música para chorar ,para curtir a vida e para ouvir escondido dos amigos .

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s