Pacotão: Sury, Fu Yaning, Enhypen, Kim Yohan, Kom, Max Changmin, Momoland, Natti Natasha e Wheein.

Antes de mais nada, gostaria de dizer que estou me fodendo lindamente na vida adulta, então sinto muito pela falta de tempo para alimentar esse blog. Mas fiquem tranquilos que vou fazer o meu melhor para comentar os troços mais comentáveis em posts solos. Enquanto isso, o resto da galera vai ficar pros pacotões.

E este aqui é oficialmente o primeiro pacotão de 2022 se levarmos em consideração que os dois anteriores eram majoritariamente com trecos de 2021. Só terão duas intrusas ex-Girls Planet 999, pois estava esperando 1) as músicas delas serem mais divertidas que isso 2) o debut do Kep1er ser mais quente para eu poder destilar o veneno sobre como as chinesas sabotadas são mil vezes melhores que elas…

The Phoenix – Sury

A primeira foi Su Ruiqi, que agora voltou pro seu nome artistico antigo, Sury. E a bicha queria mesmo destilar o veneno pois resolveu lançar essa no mesmo dia do debut do Kep1er. Só que o universo não deixou, fazendo o grupo adiar a estreia umas 5 mil vezes, enquanto a Sury conseguiu lançar sua música sem problemas.

O idioma chinês me incomoda um pouco aos ouvidos pela quantidade de fonemas apoiados no “xi“. Então eu não costumo ouvir as faixas por muito tempo. Ainda assim, achei ‘The Phoenix’ bem competente e digna de uma b-side mais apagadinha da Lexie Liu.

Starlight – Fu Yaning

Fu Yaning também resolveu lançar música e, diferente da amiga, usar seus três nomes para promover o novo single 1) Yenny, o artístico 2) a versão em mandarim 3) Fu Yaning, o nome verdadeiro usado lá no GP999.

‘Starlight’ tem cara daqueles filmes country dos EUA lançados na década de 1990/2000, cuja protagonista é uma jovem bonita que aprende a ser mais humana após ser a única da fazenda a domar o cavalo mais selvagem que existe no vale. Quando eu era criança adorava esse nicho, então ouvir a Yaning sendo uma princesa de botas de couro me agrada bastante mesmo eu achando básica. E a melodia deixa os “xi” menos intensos, então win/win.

Blessed-Cursed – Enhypen

Estava demorando para o Enhypen soltar uma dessas. Acho que a pegada aqui que lembra o NCT é uma evolução natural da sonoridade deles. Não me agrada muito. Estou ansioso para ver se no verão eles voltam pros visuais color-pop, para servirem um rockzinho mais legal para acompanhar.

Dessert – Kim Yohan

Esse gostoso do WEi resolveu fazer comeback solo e serviu uma faixa bem legal de solista-macho. É bem genérica, mas as referências são de muita qualidade. Talvez cresça mais em meu gosto e vá parar alto num eventual ranking.

Adrenaline – Kom

Já o Kom abandonou seus outros dois amigos e lançou um treco solo pela primeira vez. Os vocais dele doem um pouco aos meus ouvidos. Então é uma pena que eu vou ter que deixar esse bop passar sou bem chato com timbres. Os visuais e coreografia estão lindíssimos, btw.

Fever – Max Changmin

Changmin resolveu trabalhar mais que o capeta esse mês e lançou um EP com 3 faixas promocionais. A primeira é essa demo do próprio TVXQ! da época em que eles viraram um duo em diante. Bem legalzinha, assim como o resto da discografia deles.

Maniac – Max Changmin

Também teve essa ‘Maniac’ que eu não esperava vindo de nenhum artista da SM e achei muito legal. Parece um musical, para acompanhar o conceito excelentemente executado do clipe. Tal vídeo que ainda trouxe ele biscoitando horrores enquanto usa só um roupão e exibe sua tatuagem horrorosa de hétero.

Devil – Max Changmin

Já o single principal… é isso aí né. Não podemos ganhar todas. Pelo menos ele não se rendeu às demos do NCT… já é alguma coisa.

Yummy Yummy Love – Momoland & Natti Natasha

O Momoland foi demitido pelo Pororo e agora coube à Natti Natasha resgatar as gatinhas. Só assim pro grupo ter um comeback. ‘Yummy Yummy Love’ é bem legalzinha e mostra um Momoland mais piranhudo que casa mais com as fotos da JooE de biquíni no instagram.

Make Me Happy – Wheein

Wheein lançou um álbum pela primeira vez fora da RBM. Achei o clipe do single muito lindo e digno da gata. A música não gruda muito na cabeça, mas acho que isso é por conta do nicho de músicas de cafeteria que ela estava querendo atingir. E bem… atingiu em cheio!

Gosta do conteúdo do site? Ajude esse blogayro a pagar a marmita doando qualquer valor no PIX, com a chave: gostomeu18@gmail.com. Se quiser, também pode encomendar posts e patrociná-los! Apenas lembre-se que alguns conteúdos são mais complexos e difíceis de serem escritos que outros, então faça uma doação consciente ♥

6 comentários em “Pacotão: Sury, Fu Yaning, Enhypen, Kim Yohan, Kom, Max Changmin, Momoland, Natti Natasha e Wheein.

  1. Por um momento pensei que a tatuagem de hétero do Changmin fó para combinar com os pássaros rsrsrs
    E para mim, o pessoal do Enhypen seduzindo, é muito engraçado, não sei pq, me dá um ataque de riso assim que aparece o primeiro carinha ocupando a tela kkkkkk acho que talvez a idade ou pelo fato de não combinar com o grupo
    Agora o mv da Wheein é realmente mmto bonito, só a msc que não foi para mim

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ah… E boa sorte na vida de adulto! Eu tenho até medo de qndo sair da facul, que agora só sou pressionada a me responsabilizar e blá blá blá, depois acho que a pressão a vai ser bem pior

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s