‘Girls’ é um ponto fora da curva ou o início dos acertos do Aespa?

Não sei o que rolou no backstage da SM, mas esse grupo aqui já “existe” a tanto tempo que deu um certo hype na época da estreia. Passados quase dois anos eu dou muita risada de qualquer tipo de expectativa que eu tinha.

É como se a empresa desse uma boa risada na cara dos seus fãs e lançasse a coisa mais meia boca que já tiveram no catálogo. Tá que rola toda a pataquada do universo paralelo e virtual, mas sério, é tanta preguiça que SÓ AGORA que foram trocar as roupinhas das bonecas.

E se a intenção era lançar o seu próprio K/DA… bem, agora finalmente chegaram aos pés disso, musicalmente falando.

E não adianta vocês ficarem “ain gostomeu o universo delas é o mais complexo do k-pop“. Fodase. Acima de tudo, um grupo musical tem que entregar, pasmem, músicas que prestem e elas não fizeram isso desde ‘Black Mamba’. Aqui em ‘Girls’ elas também nem entregaram tudo isso. Elogiar com essa faixa básica, é meio que elogiar um grupo por fazer o mínimo. Mas também seria mentira dizer que está ruim.

O break dá uma leve repuxada nos nervos faciais, porém de resto é bem a cara do girlcrush do K/DA. Que é um girlcrush bom. O refrão não gruda a ponto de marcar a geração, mas pelo menos é agradável e não incomoda. A voz da BoA no coro também deixa tudo mais interessante e prova que seria muito legal ver uma (ou mais) integrante(s) sendo adicionada(s) ao line-up para dar uma força no carisma e nas harmonias. Não que o quarteto seja ruim. Só que dá pra melhorar, tal qual o Red Velvet depois que a Yeri trouxe brilho para a formação.

Quanto ao clipe… não tenho muito o que comentar, porque pra mim a SM não sabe muito bem criar contraste entre os clipes delas e parece que tudo faz parte da mesma coisa. Me lembra até aqueles MVs feitos por fãs que são recortados todos de um mesmo material promocional. Seria mais interessante ver elas explorando Kwangya, ao invés de sempre ficarem dentro de uma versão rica do Counter-Strike.

Gosta do conteúdo do site? Ajude esse blogayro a pagar a marmita doando qualquer valor no PIX, com a chave: gostomeu18@gmail.com. Se quiser, também pode encomendar posts e patrociná-los! Apenas lembre-se que alguns conteúdos são mais complexos e difíceis de serem escritos que outros, então faça uma doação consciente ♥

4 comentários em “‘Girls’ é um ponto fora da curva ou o início dos acertos do Aespa?

  1. Ai eu gostei tanto dessa música! Quando ouvi pensei: “agora a blogosfera vai deitar” (pois por ser menos barulhenta, pensei que seria mais fácil de gostar), mas parece que TODA a blogosfera odiou, socorro kkkk

    Eu estava mesmo esperando uma música realmente muito explosiva, pesada e doida, mas não me decepcionei com o resultado, eu na verdade gostei muito! O aespa é o grupo da nova geração que eu mais abracei, então gosto de >quase< tudo o que elas lançam. Talvez essa música seja um descarte do WayV (por onde andam?), mas mesmo assim acho ela muito boa. Não achei genérica, acho que tá dentro da proposta do grupo, sei lá. Nunca comprei essa ideia da SM como algo revolucionário nem inovador, então deve ser por isso que eu gosto do grupo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Quando eu escutei Savage a primeira, a segunda e a terceira vez eu tava achando pavoroso mas aí do nada eu incorporei o panelaço e agora eu curto muito. Eu também tinha achado um saco elas regravarem uma música do S.E.S e detestei no inicio pra depois gostar.
    Eu não sei o que tem o Aespa que me faz gostar das músicas depois e não na hora. Espero que aconteça isso com essa Girls também porque por enquanto to achando qualquer coisa.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pra mim, esse ponto fora da curva foi longe de mais, se é pro caminho certo não sei, mas não vou me forçar a ouvir essa música novamente, se fosse a uns cinco anos atrás, quem sabe, mas acho que tô muito velho no kpop pra me forçar a qualquer coisa hoje em dia, abafa!

    Curtido por 2 pessoas

  4. “o universo delas é o mais complexo do k-pop”
    Tem gente que fala isso?
    kkkk complexo onde? A lore é só 4 meninas devotas da K-Magalu que lutam contra uma cobra no digimundo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s