Comentando o Show: Queendom – T02E02.

Comentando o Show: Queendom – T02E02

O programa já começa mostrando um resumo do que realmente movimentou a internet no episódio anterior: SinBcita botando o WJSN inteiro no lugar delas, após uma zoeirinha que fizeram contra o VIVIZ. Sinceramente, tô adorando a gata com essa atitude feroz e o público coreano também elogiou e ficou do lado dela nesse evil edit singelo.

Um pouco depois, o novo episódio realmente começa e mostra o depoimento das participantes, com algumas preocupações que elas têm por conta dos haters netizens. Hyolyn invoca a memória das outras 3 meninas do Sistar tenho fé que em alguma missão todas ou algumas possam aparecer para um feat. VIVIZ relembra da época do debut, quando ainda eram GFriend. Brave Girls cita o seu grande hit e como algumas pessoas se cansaram da cara delas pela grande exposição repentina. WJSN fala de como elas não podem se vangloriar por ter músicas famosas elas ignoraram o hino de ano novo nessa hora, afinal sempre foram um grupo classe C. Loona volta a comentar que estão aí na indústria a ANOS, mas ainda são vistas como as rookies café com leite, que no futuro podem ser famosas, mas que por enquanto só são acolhidas pelo ocidente.

E o Kep1er… bem, a Mnet deu um textinho na mão delas para tentar lacrar e dizer que elas não estão ali por cota da emissora, sendo que a verdade é que ESTÃO SIM! Seria mais eficiente falarem que estão tristes por não terem nem músicas para performar nas missões. Fama por fama, Stayc e IVE poderiam estar ocupando a vaga, pois são grupos tão recentes quanto elas e fazem muito mais sucesso.

Passado o drama das coitadas que nunca tiveram nada e já estão a ponto de perder tudo. O Kep1er começa a se preparar para entrar nos palcos e sentem uma pressão gigantesca. Afinal, antes delas tivemos VIVIZ botando todo mundo pra chorar e Hyolyn dominando o palco.

Aí corta para as preparações para o ensaio e a safada da Mnet começa a criar um coitadismo em cima delas, usando o mesmo assunto citado dois parágrafos acima. Com isso, pegam o meu blog traduzido em coreano e botam a Yujin para ler um parágrafo ácido sobre terem uma vaga lá só por serem filhas da Mnet o que é algo óbvio mas todo mundo fica ressentido quando toca no assunto como se nossa foi por mérito que estão ali, aham.

E só para alguns de vocês não ficarem enchendo meu saco, como se fosse hater das meninas: acho que se estivéssemos em uma Road To Queendom, onde a intenção é justamente trazer nomes com grande potencial de liderar o k-pop, aí sim o Kep1er seria um participante indispensável por conta de todo o investimento que a Mnet vai fazer nelas daqui pra frente. Nesse momento, também caberiam Weeekly, Stayc, IVE, NMIXX e até o vindouro Le Sserafim.

Mas querer forçar elas no Queendom e querer que todo mundo aceite de bom grado, é muita burrice. Pois o reality tem o objetivo de criar uma competição entre nomes consolidados ou mesmo desesperados por um sucesso. O Kep1er não se encaixa em nenhum destes. E colocar as meninas numa posição de ter que se provar em todas as missões, é totalmente cruel vindo da emissora.

Mas se vocês acompanharam o Girls Planet 999, devem saber que felizmente temos nomes bem competitivos nesse line-up. Então Dayeon, Hikaru, Mashiro, Yujin e Youngeun logo mudam o tom da história delas e partem pra luta com fogo nos olhos. Porém, como nem tudo são flores, elas percebem que só tem ‘Wa Da Da‘ na discografia e dá muita dó ver o brilho indo embora dessas cinco meninas citadas. Se tivessem qualquer outra coisa, é capaz de terem evitado a bomba.

Aí durante as práticas elas também tiveram alguns problemas que tenho CERTEZA que foram causados pela própria Mnet pra gerar drama, já que 1) botaram elas pra praticar nos estúdios sem saber que no palco iam ter que performar com uma integrante em cada degrau da escada 2) o microfone da Mashiro estava super mal ajustado e ficava caindo toda hora. Nesse momento a Dayeon-hitada-do-GP999 se manifestou pra botar ordem em tudo. E é bem engraçado ver o contraste nos olhos dela quando o bicho pega pra valer e ainda por cima tem que lidar com algumas meninas gritando fora de hora.

Passado os ensaios, essa daí é a apresentação…

Até que não ficou ruim. A música é péssima, principalmente para se usar em uma competição. O fato dos “o o o o o o” quebrarem a crescente explosiva, não deixou o grupo destruir o palco. E ainda usaram um remix com muita cara de MAMA. Então meio que virou uma performance agradável, porém de premiação de fim de ano. Faltou aquele “quê” que todos os grupos sempre trazem nesse reality.

Muitas meninas deram o sangue e mostraram uma evolução ABSURDA do ano passado pra cá Hikaru teria calibre de performar sozinha com os dançarinos, por exemplo. Outras… estão aquela mesma coisa do GP999, com a Bahiyyih não servindo nada além de uma cara de susto e a Chaehyun pagando de main-vocal sem nunca ter conseguido dar uma high-note completa.

Em seguida, o grupo a se apresentar é Brave Girls. E as tias trintonas já tremem na base porque a coreografia do Kep1er foi bem complexa e agora elas têm que pegar suas artrites e ir logo depois.

No momento de escolher a faixa a ser apresentada, BG tem um repertório bem grande, mas meio que se veem sem muitas opções por ‘Rollin‘ ser o único sucesso arrasador das meninas. Mas ainda assim, querem sair um pouco do óbvio, então também levantam a possibilidade de performarem ‘High Heelseu teria amado, ‘Chi Mat Ba Ram‘ ou ‘We Ride‘.

E mesmo antes de baterem o martelo de qual seria a faixa escolhida, todas as integrantes mostram um interesse fortíssimo em mostrar ao público que elas não sabem apenas dançar o dois pra lá dois pra cá do Tik Tok. Então decidem reunir todas suas forças na performance, deixando os vocais um pouco de lado.

E eu adorei ver também que elas (especialmente a Minyoung) estavam ativamente presente no momento da produção do remix. Deram várias opiniões, mudaram partes que eram ordens do próprio CEO da empresa e terminaram com algo que era do agrado de todas as quatro. E o resultado foi o seguinte:

A Minyoung mandou avisar que o microfone estava LIGADO! E eu adorei muito a dinâmica dessa performance. Dentro de quatro minutos foram capazes de colocar TUDO o que queriam mostrar, ao passo em que deixou o resultado super competitivo e no nível de todos os outros grupos.

Adorei a ideia brega de fazer uma intro com ares de super heroínas enquanto as quatro “se apresentavam ao público“. Gostei em como, após esses primeiros segundos, elas deram uma palinha do gogó que possuem. Depois embarcaram num oceano de carisma de ‘Chi Mat Ba Ram‘. Para finalizarem com o grande hino ‘Rollin‘ que botou todas as outras participantes para dançar. E esse gran finale foi tão bom que até o próprio quarteto se empolgou demais e esqueceu que tinham que pegar os microfones com as dançarinas pra continuarem performando. Isso sim é uma performance de Queendom e quem discorda vá procurar um pau pra subir.

Por fim, nas apresentações neste palco e com essa plateia, chegou a vez das WJSN. Elas falam novamente do quanto carregam uma discografia boa com orgulho, porém não possuem nenhuma música que tenha causado muito impacto no público. Até que começam a falar de ‘As You Wish‘ que atualmente carregar 3 anos consecutivos em #1 lugar nos charts em todo dia de ano novo. Então meio que é o hino delas, mesmo não tendo feito tanto sucesso quando lançada.

Daí entra o segundo drama do WJSN, porque uma das meninas contraiu coronga e precisou ficar afastada dos ensaios bitch please o Loona INTEIRO tá afastado pelo mesmo motivo. E então elas tiveram uma decisão muito irresponsável e feia, de emocionalmente forçarem a coleguinha a treinar mesmo que DOENTE e sozinha. Acho que muita gente vai ver com olhos de “nossa que força de vontade uhul arrasou garota“, mas eu vejo como esforço desnecessário, além de abusivo. Deixem a menina se recuperar em paz. Ainda mais dessa doença que pode causar sérias consequências se a recuperação não for seguida com cautela.

O brilho já padeceu

E algumas delas que não estavam doentes, já estavam começando a ficar desesperadas pela intensidade dos treinos. Imaginem como estava a vida da que estava “afastada“. Só que aí, depois de todo o rolo, ela saiu da quarentena pouco tempo antes do fim dos ensaios e a apresentação foi feita com “todas” as meninas ainda ficou faltando as chinesas que se recusam a voltar pra Coreia e ganhar um salário mínimo.

A menina quase destruiu o próprio pulmão pra isso?

Tá que ficou tudo bem bonito e o break foi super elaborado. Mas o que eu disse sobre a performance do Kep1er também cabe aqui. Parece algo que fizeram pro MAMA e finalizaram nos palcos lá do fundo como se fosse o encore de algum concerto.

De resto, o remix ficou bom a música original ajudou bastante também, assim como a sincronia e os vocais delas. Mas nada que me fizesse dizer “UOU realmente compensou a menina doente correr o risco de estourar os pulmõescaso existisse algo que compensasse tal risco.

O que a boa edição da Mnet fez, foi esconder algumas gafes que rolaram. A ampulheta não “sumiu de propósito” como eu tinha imaginado, mas sim quebrou durante a performance. Daí toda a areia se espalhou pelo palco e fez algumas meninas escorregarem mas o jogo de câmeras deu uma escondida nisso colocando toda a prática delas em vão.

E ainda por cima, a menina que esteve doente deu uma de Larissa do BBB e criou a fanfic na cabeça dela de que o desespero pós-apresentação das outras meninas era porque ela esteve ausente durante os ensaios e não porque a ampulheta estragou. Ai olha… se ajude WJSN. Tá foda te defender.

Então a primeira rodada é encerrada sem o Loona, pois elas estão afastadas pela doença da década. E a plateia recebe o direito de dar 2 votos, sendo um para cada grupo que foram seus favoritos. E uma vez que tem a quantidade igual de fãs de cada um dos grupos na plateia, dá a chance de não rolarem empates ao mesmo tempo em que ninguém vai zerar a pontuação exceto o Loona que não participou.

Pra deixar a competição mais emocionante, a Mnet juntou os cinco artistas no QG do reality para fazer uma dinâmica já manjada desde a primeira temporada. Ela se trata de cada um dos grupos e Hyolyn, escolherem uma performance que estava acima da própria apresentação este voto é opcional e um que estivesse em um nível abaixo mas este aqui é obrigatório. O grupo que for o mais popular e ficar mais vezes como “acima dos outros“, receberá pontos de benefício.

Nessa dinâmica, começamos pelo VIVIZ que foi super confiante e disse que ninguém esteve acima delas. Para explicar o motivo, as meninas disseram que foram estratégicas na escolha e estão tentando evitar que alguém pegue o benefício ao passo em que aumentam as próprias chances. Como grupo abaixo delas, escolhem o WJSN e SinB serve um VT engraçadíssimos ao lado de sua amiga de colegial, Eunseo do WJSN.

O próximo grupo a ter suas escolhas reveladas é WJSN. Elas também não colocaram ninguém acima de sua apresentação, mesmo depois de todo aquele drama pós-stage sobre terem arruinado as próprias vidas por causa de uma ampulheta. E como time abaixo delas, a escolha foi Kep1er, sem muitas explicações, só acharam ruim mesmo.

Partimos para as escolhas de Hyolyn. Ela colocou o VIVIZ como o grupo abaixo dela, porque suas expectativas eram altas e as meninas não atingiram. Além de discordar da minha opinião e achar que as músicas escolhidas não foram fortes o bastante.

Já o Kep1er escolheu Hyolyn como a apresentação acima delas, por motivos óbvios. E tiveram a audácia de escolher VIVIZ como o stage que esteve abaixo delas. A justificativa foi por não terem atingido as expectativas. Pelo menos elas são o grupo que se pode criar expectativas, né? Daí a SinBcita ficou bem incomodada e deu um depoimento questionando se elas levaram TODOS os outros grupos em consideração ou se só inventaram essa desculpa do nada pra “não causar“.

Para o Brave Girls, sensatas que são, nenhum grupo esteve acima delas. E com grupo abaixo, foram o TERCEIRO a escolher o VIVIZ como grupo abaixo… ESTOU CHOCADO! Não que elas tenham sido, uau o melhor. Mas três votos negativos? A justificativa da vez é que foram muitos grupos se apresentando e a cada nova performance, elas se encantavam com os mais recentes. Então o VIVIZ foi escolhido por eliminatória pronto, nas próximas apresentações ninguém vai querer ir primeiro.

Para os votos globais que foram dados durante a transmissão online do programa, a colocação ficou como mostrado na foto: Hyolyn em primeiro, seguida de WJSN, VIVIZ, Kep1er, Brave Girls e por último com a pontuação zerada, o Loona. Achei um pouco injusto com as Brave Girls, já o WJSN foi totalmente superestimado. E coitadas das loonáticas que receberam um all-zero nessa missão por conta de uma doença que nem é culpa delas.

Sendo assim, o ranking final da primeira missão ficou da seguinte forma:

Em primeiríssimo lugar e pegando todos os pontos máximos possíveis, ficou Hyolyn. Em segundo ficou o WJSN. Em terceiro VIVIZ. Quarto Kep1er. Quinto Brave Girls. E Loona zerado em sexto, vem aí o enredo Juliette pra Mnet tentar manter todos os seis grupos até a final do programa.

Com esse primeiro resultado eu gostaria de fazer alguns adendos que confirmaram e/ou quebraram algumas das minhas teorias da conspiração 1) o Brave Girls, além de serem as tias engraçadas, ainda é capaz de perrengarem igual a Park Bom na berlinda em todas as performances 2) esse ano não teremos nenhum Lovelyz da edição, já que o WJSN foi abraçado pelo público mesmo com um stage básico e o Loona está sendo exaltado depois da performance delas que soltaram pra contar pontos pra próxima fase 3) o Kep1er tomou um sacode nesse ranking e parece que elas não são tão populares assim como a Mnet vem vendendo nos dois últimos episódios avá? 4) o fandom do GFriend ainda segue grande e a Coreia ama elas, então vai ser difícil ver o VIVIZ caindo muitas posições, mesmo que nunca peguem o #1 5) fiquei surpreso com a Hyolyn movendo rios e mares… não esperava a gata ser tão popular assim, visto o flop de sua carreira solo, mas estou feliz com o resultado.

Sobre o Loona… bem, não sei o que deu na Mnet, mas resolveram pegar um cachorro quase morto para usar de pet. Fizeram toda uma edição bonitinha com o Loona praticando horrores para performar, mesmo sem valer pontos. Tudo isso com direito a depoimentos dos outros grupos e trilha sonora emocionante com uma música de superação da Taeyeon. O enredo Juliette veio aí.

Sinceramente, é uma pena e um alívio que elas não tiveram a oportunidade de performar junto com os outros grupos. Uma pena porque essas meninas aqui SABEM servir. Essa apresentação ficou impecável e viciante, mesmo com metade do orçamento e com um palco totalmente pobre. A parte delas fingindo que estavam jogando o leque de uma pra outra, ficaria PERFEITA naquele palco enorme e colorido.

E um alívio, porque elas iam trucidar a concorrência e arrancar as perucas de todo mundo. Muita gente ficaria no chinelo, mas já é bom porque podemos ver que a BBC não tá pra brincadeira e elas vão destruir na segunda missão ainda mais correndo risco de serem eliminadas.

Sobre o remix, achei bem qualquer coisa. Por mim a original já é boa o bastante para uma competição assim e se for pra mudar as coisas, eu esperava muito mais. Pelo menos serviu pra colocar ‘PTT‘ de volta em #1 em vários países diferentes no iTunes. Já dá para sentir que os orbits vão fazer de tudo por elas. O momento é agora.

Também é anunciada a segunda missão, que se trata do meu momento FAVORITO do reality: os covers. Eu simplesmente AMO ver como que os artistas fazem releituras uns dos outros e mal posso esperar para ver como que este elenco irá fazer.

Para decidir quem troca músicas com quem, segue-se a ordem do primeiro ranking. Portanto, Hyolyn foi a primeira a poder escolher com quem ela iria “brincar” nessa rodada. Então a gata fez um super suspense pra no final escolher o Loona e deixar todo mundo chocado, porque será uma solista cobrindo uma música de 12 pessoas, ao mesmo tempo que 12 pessoas terão que cobrir uma música de uma solista ou de um quarteto (já que o Loona vai fazer cover de ‘Shake It‘).

Daí os outros grupos revelam que TODOS queriam trocar demos com o Loona, já expondo uma popularidade interna muito interessante. Eu como um orbit-que-desistiu-de-ser-orbit-mas-que-aos-poucos-está-voltando-pro-fandom, fiquei muito feliz.

Aí com a primeira opção de todos sendo retirada do jogo, VIVIZ e Kep1er ficaram desesperados porque ambos tinham o WJSN como segunda escolha e agora era vez das meninas escolherem alguém. SinBcita apelou para a quantidade grande de hits que o GFriend tem um argumento válido e difícil de se ignorar, enquanto o Kep1er diz que possuem várias (duas) outras músicas, mesmo que ‘Wa Da Da‘ seja o único single. E no final… escolheram o VIVIZ mesmo, porque não são doidas.

Sendo assim, sobraram Brave Girls e Kep1er que irão trocar músicas entre si, já que foram o resto. Novamente as BG são tratadas com indiferença pelos outros grupos e eu fico morrendo de dó delas, porque sempre são deixadas de lado nas dinâmicas. E a Eunji tem a melhor reação ao dizer que Kep1er era o único grupo que ela não queria fazer cover porque “tem músicas muito únicas“. Realidade: nem deve conhecer as b-sides e está apavorada de medo de serem tão ruins quanto o único single.

Para encerrar o episódio, é mostrado a Hyolyn executando mais um dos benefícios de ter ficado em primeiro, que é escolher a ordem das apresentações. Não é mostrado como ela deixou as coisas, mas todo mundo soltou gritinhos de surpresa. Também é exibido o Loona recebendo a notícia de que estão em sexto lugar na competição e Kim Lip dá dois socões no chão que recebem uma sonoplastia que a transforma no Incrível Hulk. Ansioso estou!

E para encerrar o post, prometi que faria um ranking com as performances dessa missão e aqui vai ele. Também farei alguns pequenos adendos, só para deixar claro a posição de cada um, mas nada que deixe o post ainda maior do que já está.

6° Lugar – WJSN

Sim, em último. Achei bem básica e conseguiu ter ainda menos inovação que o próximo colocado. Superestimado pelo público.

5° Lugar – We Are Kep1er

Mais uma apresentação básica, que fica até difícil de colocar pra competir com as outras artistas. Ainda assim, coloquei em quinto porque cinco das nove meninas souberam entregar muito nos palcos e o grupo ainda teve o diferencial das bandeiras, que durou 2 segundos, mas estava lá pelo menos.

4° Lugar – VIVIZ

Do quarto pra frente estão todos empatados, com exceção do primeiro colocado. Gostei muito que o VIVIZ pegou duas músicas antigas que eu adoro do GFriend e transformou em uma única apresentação coesa e emotiva. O povo votando como se elas tivessem sido as piores foi uma injustiça muito grande, porque na hora desse stage todo mundo chorou e TÁ GRAVADO!

3° Lugar – Loona

Serviram muito, com pouco. Não tenho muito o que dizer. Elas só tiraram o dia para arrasar mesmo. Um número bem redondinho.

2° Lugar – Hyolyn

Segurou lindamente uma performance solo, dominou TODO o palco gigantesco e ainda conseguiu entregar high-notes. Haja fôlego mulher. E tudo isso, com o salto quebrado.

1° Lugar – Brave Girls

Fácil o melhor da noite. Brave Girls está sendo super injustiçado, só porque ninguém na Coreia gosta de mulher velha. Seus MILFóbicos!!! Mas na minha opinião isso aqui teve TUDO o que uma performance desse tipo de reality pede: uma intro empolgante, um remix que não te deixa entediado, o break de ralar o joelho no chão e um gran finale de respeito que te deixa ainda mais empolgado do que o resto da apresentação. Brave Girls, podem me mandar a chave do PIX que essa noite eu pago o miojo de vocês!

Gosta do conteúdo do site? Ajude esse blogayro a pagar a marmita doando qualquer valor no PIX, com a chave: gostomeu18@gmail.com. Se quiser, também pode encomendar posts e patrociná-los! Apenas lembre-se que alguns conteúdos são mais complexos e difíceis de serem escritos que outros, então faça uma doação consciente ♥

28 comentários em “Comentando o Show: Queendom – T02E02.

  1. ADOREI A RESENHA!!!

    Se não tiver problema pra você colocar textão nos comentários, amanhã eu gostaria de fazer meus comentários sobre cada performance.

    Mas, por hoje, só passei pra falar que acho a indignação da SinBcita mais que justa (e confesso que me surpreendi pelo WJSN ser votado como o pior pelo Viviz e decidir votar em outro grupo como o pior em vez de “devolver o favor”). A Mnet parece ter pegado a mulher pra ser a vilã mesmo, mas felizmente o resultado do público mostrou que ela ainda tem fãs de sobra pra defenderem ela.

    Quanto ao WJSN, uma observação: não foram só as chinesas de Schrödinger (pra mim está óbvio que elas não voltam mais pro grupo) que faltaram na apresentação. Outras duas integrantes estiveram ausentes: uma estava indisponível pras gravações dos quatro primeiros episódios (ou seja, round 1 e round 2) porque estava finalizando as filmagens pra um dorama (mas parece que ela vai participar do Queendom 2 a partir do episódio 5), e outra está em hiato do grupo para tratar um transtorno de ansiedade (igual aconteceu com a HaSeul no Loona) e já foi confirmado que ela não vai participar de nada no Queendom 2. É uma pena, mas a saúde (física E MENTAL) vem sempre em primeiro lugar, então fica a minha torcida pra que ela receba o tempo que precisar e que possa se recuperar!

    Curtido por 2 pessoas

    1. Pode fazer quantos textões quiser!!!

      E acho que o WJSN só não devolveu o favor, porque os votos foram escolhidos antes da reunião. Então foi tudo revelado pela própria Teyão que tava com os papéis na mão lendo tudo hahahaha

      Curtir

  2. Não sei se foi impressão minha, mas o que me faz colocar o kebler em 6 é o fato de que eu senti vendo a Full Cam (que eu vi confundindo com Full version) é que foi uma apresentação muito mais pra câmera que pro público, enquanto as outras conseguiram um meio termo
    A do VIVIZ e da Hyolyn me impactaram de maneira diferente, a do VIVIZ me deu nostalgia, na minha cabeça só vinha o gfriend (acho que era o objetivo) …só que com a Hyolyn eu senti que ela tornou a música muito dela, acho que fazer isso com uma música tão marcante é um feito…eu não pensava tanto no Sistar, não me passou nostalgia, eu só aproveitei mesmo
    Acho que o que resume minha sensação com wjsn é: quebra de expectativas, tinham vários pontos da performance que me levavam a esperar algo mais, algum movimento com mais força ou algo assim surpreendente, mas aí elas paravam e começavam outra coisa, no fim quando todas subiram no palco como se tivessem finalizando um concerto…eu prestei mais atenção nas dançarinas
    O Brave girls não tenho muito que comentar, serviram carisma esplêndido e vocal (e finalmente figurinos bonitos), sobre o Loona, eu adora essa coisa de arte marcial nas performances e uma referência mais cultural, gostei do break tbm…as coreografias do loona sempre são bem performaticas (são 12 pessoas tbm) então encaixa tudo certinho sempre mesmo que com mudanças mais simples, se elas tivessem competindo, teriam uma boa pontuação

    Curtido por 1 pessoa

  3. Sobre o kep1er tbm, eu acho que se tivessem focado em algo mais colorido e energético do que em algo escuro teria funcionado mais, tava tão escuro e as expressões delas tão brilhantes na parte dos dedinhos nervosos (oooooo) que pra mim parecia que não encaixava

    Curtido por 1 pessoa

  4. Achei bem maldoso que o staff do WJSN decidiu que daria pra performar com a menina que faltava mesmo sabendo que ela estava doente. Quando eu contraí a praga eu fiquei umas 3 semanas tossindo e com dor de garganta ainda mesmo depois de negativar o teste, forçar todo esse trabalho na pessoa em recuperação pode piorar os sintomas a longo prazo. Seilá fiquei de cara, mas não culpo as meninas do WJSN porque não são elas que fazem esse tipo de decisão, a gente sabe que empresa de kpop não conhece leis trabalhistas.
    O que eu espero mesmo nos próximos episódios é um monte de edição da Mnet pra fazer o Loona de coitadas e sofridas pra comover os coreanos que adoram um dramalhão, porque eu vi mais drama do WJSN com 1 membro a menos do que drama do grupo que nem conseguiu performar. E o governo não faz nada.

    Curtido por 1 pessoa

    1. *que nem conseguiu performar e que teve sua pontuação automaticamente ZERADA, vale acrescentar. Essa decisão da Mnet não só prejudicou o Loona no primeiro round, mas vai prejudicar elas até o fim da competição (e praticamente já eliminou qualquer chance que elas poderiam ter de vencer o Queendom 2 – quer dizer, não que elas tivessem muitas)…

      Curtido por 1 pessoa

  5. O meu problema com a performance das BG é que além das intros apontarem pra algo mais dark e as músicas escolhidas pra performance passarem uma vibe totalmente diferente, eu simplesmente DETESTO Shit Ma Ba Ram. Acho uma das piores músicas na discografia delas. O Brave Brothers deveria ter vergonha de ter escolhido isso como single principal pra ser o retorno triunfal delas pós-Rollin.

    Qualquer música do último EP delas renderia uma performance mais sólida e coerente com a intro de dança das meninas (que foi simplesmente perfeita). Sendo assim, me senti lesado por ter que ver essa música durante quase a apresentação toda e só me tacarem o finalzinho de Rollin pra gatinha arrasar no gogó. High Heels, After We Ride, Pool Party, Deepened, You And I, Can I Love You… Espero que (se permanecerem na competição KKKK) elas consigam utilizar algumas dessas outras músicas mesmo que não sejam conhecidas pelo público, porque Rollin e CMBR já foram usadas e como pudemos ver (e acredito que elas sentiram o baque também), essas músicas não vão salvar elas no reality não.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Bom, sobre o ranking, achei que seria fácil definir a classificação de cada uma igual na parte das performances de abertura, mas depois de dias só consegui definir a melhor apresentação, a apresentação “menos melhor” que teve mais problemas… e QUATRO GRUPOS EMPATADOS NO MEIO, onde cada um teve méritos e falhas específicos e não consegui dar peso maior ou menor pra cada mérito ou falha pra desempatar. Então em vez de listar de 1 até 6, vou listar por notas:

    Kep1er – 7,5

    Pra mim, a apresentação que mais teve falhas. Vi bastante gente apontando como a performance delas pareceu ter menos recursos que as outras, e concordo, mas não acho que esse tenha sido o problema. O que pesou mais pra mim foi a falta de conceito e de criatividade: “Wa Da Da” não é uma música boa, mas elas poderiam ter resolvido isso com um remix que mudasse o estilo da música (assim como o Loona fez no remix de “PTT”), mas o remix que o Kep1er fez manteve o mesmo problema que a música já tinha (ou seja, parecer uma colcha de retalhos onde nenhum pedaço conversa com o outro). Elas estavam com roupas de equipe de pit-stop, mas fora as bandeirolas e algumas projeções no telão, não teve mais nada que remetesse ao tema – a introdução com o sol descendo foi interessante, mas não tinha nada a ver. O break podia ter tido uma coreografia simulando um carro de corrida (igual a Ludmilla já fez no Prêmio Multishow), mas foi super genérico e sem graça.

    Isso tudo é uma pena, porque no que diz respeito ao talento, achei que elas foram bem. Os vocais estavam estáveis, a sincronia na coreografia estava boa, e algumas – especialmente a Hikaru e surpreendentemente a Bahiyyih – até mostraram carisma e presença de palco, coisa que outros grupos não mostraram. Acho que elas terem pegado o Brave Girls pra troca de músicas pro segundo round foi uma bênção, porque as músicas das Brave Girls exploram muito o carisma e a presença de palco, então o Kep1er pode brilhar MUITO. Tomara!

    Viviz – 8

    Elas foram detonadas pelas concorrentes, e também foram detonadas por boa parte dos rankings que vi. Concordo em partes, discordo em outras. Acho que o problema da performance foi que elas emularam o GFRIEND mas não colocaram o mesmo impacto que o GFRIEND costumava colocar nas coreografias; a dança delas foi bonita, mas nada excepcional.

    Porém, os vocais foram ótimos (a Umji particularmente me surpreendeu), a escolha de músicas foi muito boa, o break foi lindo e não destoou das músicas (problema que aconteceu em METADE das outras performances), e a ideia de colocar uma mini-orquestra pra parte de “Rough” foi BRILHANTE! Nem sei se os músicos estavam tocando ao vivo, mas o impacto visual e sonoro foi muito bom.

    Enfim, foi uma apresentação boa, mas que pecou pela falta de energia. Pras próximas apresentações, é importante a SinBcita usar um pouco mais de energia no palco, não na hora de bater boca.

    Brave Girls – 8

    “Lôlin, lôlin, lôlin!!!”

    Novamente, bastante gente criticou as Brave Girls por elas terem dançado pouco e mesmo assim ficado desengonçadas em algumas partes. Pessoalmente, meu problema com a performance delas não teve nada a ver com isso, porque as Brave Girls nunca dançaram muito e sempre compensaram isso com vocais, carisma e presença de palco – e foi exatamente isso que elas fizeram aqui. Enquanto outros grupos pareciam cantar e dançar de forma mecânica, as Brave Girls estavam visivelmente se divertindo no palco, e isso ME divertiu, e é EXATAMENTE ISSO que eu quero!

    O problema da performance das Brave Girls, pra mim, está justamente nos momentos em que elas pareceram tentar fugir da essência do grupo: a intro longa e pesadona, e o break também pesadão. Foram dois momentos que prejudicaram consideravelmente o que poderia ter sido uma apresentação leve e divertida do começo ao fim, e isso é uma pena. Até achei legal a ideia da intro ter dado um momento de brilho pra cada uma, mas acho que elas poderiam ter cortado a intro e colocado esses momentos no próprio começo de “Chi Mat Ba Ram”. Fico com certo receio de que no segundo round, por terem que fazer cover do Kep1er, elas acabem fugindo ainda mais da essência; torço pra que isso não aconteça. Brave Girls não é técnica; Brave Girls tem que ser DIVERSÃO.

    WJSN – 8

    Na primeira vez que assisti a cada performance, essa aqui estava no meu segundo lugar com uma nota 9 (…bom, tecnicamente continua em segundo, mas agora empatada com outras três). Foi uma apresentação bonita em que não houve um problema perceptível: os vocais estavam bons, a coreografia foi bem feita, o palco foi bem explorado, “As You Wish” é uma música muito boa… pra ser sincero, só fui saber do problema da ampulheta DEPOIS de ler sobre isso, e elas disfarçaram muito bem.

    Não houve nenhum problema aparente. A falha aqui foi de outro tipo: quando fui tentar lembrar dos momentos marcantes de cada apresentação, percebi que não conseguia me lembrar de nenhum na do WJSN. Tudo foi bom, mas nada se destacou (e isso é uma surpresa, considerando que a performance de abertura delas foi de longe a mais marcante). O break, mais uma vez no Queendom 2, não combinou com o resto da música (mas pelo menos foi um momento pra elas dançarem de verdade). As Cosmic Girls são capazes de fazer melhor, acho que elas ainda vão fazer melhor nos próximos rounds, e espero que façam mesmo; numa competição como o Queendom, não dá pra ficar no “agradável porém esquecível”.

    Loona – 8

    Gostei demais da ideia de reinventar “PTT” explorando a cultura e as tradições sul-coreanas como conceito! As roupas estavam muito bonitas e valorizavam a dança, o remix ficou muito bom, o jogo de cena na parte do rap ficou bem dinâmico, e excepcionalmente o break FUNCIONOU aqui. É impressionante lembrar que foi uma performance planejada e executada de última hora e num palco com menos estrutura (se bem que a estrutura mais simples talvez tenha justamente ajudado elas a não se perderem colocando elementos demais sem necessidade).

    Isto posto, achei que os vocais delas deixaram a desejar em alguns momentos – acho que foi a ÚNICA apresentação em que houve esse problema -, a coreografia foi consideravelmente mecânica e teve pouca emoção (mesmo problema do WJSN e, de certa forma, do Viviz) e houve trechos em que faltou a empolgação exigida. No break, por exemplo, a Olivia Hye dominou o palco, mas a Yves parecia cansada e perdida. Imagino que essas falhas tenham sido por elas ainda estarem se recuperando da Covid, ou por elas estarem poupando esforços para a performance do segundo round que seria gravada no dia seguinte, mas considero que seria injusto com os outros grupos se eu relevasse essas falhas e não fizesse o mesmo pra todos.

    Hyolyn – 10

    Pra mim, indiscutivelmente a melhor desse round. TUDO foi impecável aqui: a voz dela estava perfeita, a coreografia idem (novamente, se não tivesse sabido DEPOIS que o salto dela estava quebrado, eu nunca ia perceber), o figurino lindo, os elementos do palco usados com maestria pra criar o conceito tropical da performance… e eu NEM GOSTO de “Touch My Body”! Mas ela conseguiu me fazer gostar mesmo assim!

    O impressionante é que normalmente uma apresentação é mais focada em técnica (WJSN) ou em carisma (Brave Girls), mas a da Hyolyn conseguiu AS DUAS COISAS. Ao mesmo tempo em que cantava e dançava pra caramba, ela sorria e interagia com o público, parecia se divertir e dava vontade de que a performance continuasse sem parar. O break com os dançarinos fingindo que tocavam trompete casou bem com o resto da música enquanto ela se jogava no chão pra dançar ainda mais.

    Nunca me interessei muito pela carreira solo da Hyolyn e nem mesmo pelo Sistar, mas sinceramente, não tenho nada pra criticar nessa apresentação. O único problema pra ela vem agora: por ter feito uma performance tão boa já no começo da competição, o público (incluindo eu mesmo) vai ter um nível de exigência MUITO ALTO pras próximas apresentações dela. Tomara que ela não deixe a qualidade cair nas próximas!

    Curtido por 3 pessoas

    1. Obs.1: entendo por que o WJSN considera “As You Wish” a música de assinatura delas, mas preferia que elas tivessem escolhido “Save Me, Save You” – que TAMBÉM tem troféu em music show

      Obs.2: ranquear as miniperformances de abertura foi muito mais fácil pra mim:

      1- WJSN
      2- Loona
      3- Kep1er
      4- Hyolyn
      5- Viviz
      6- Brave Girls

      Curtido por 1 pessoa

      1. A propósito, você já viu as músicas que cada grupo vai cantar no segundo round?

        Eu preferi não ver nenhum vídeo pra guardar a surpresa de como cada performance vai ficar, mas já li quais músicas cada um escolheu. E olha, estava com medo da troca entre Kep1er e Brave Girls por serem grupos com estilos muito diferentes, mas se elas realmente escolheram as músicas que eu li, os dois grupos escolheram muito bem: o Brave Girls por pegar uma música que combina mais com o estilo divertido delas (só precisam tirar o break tenebroso), e o Kep1er por pegar uma música que pode permitir que elas mostrem versatilidade e explorem mais o carisma das integrantes (além de ser uma música que não parece uma colcha de retalhos, ao contrário da maioria das músicas do Kep1er).

        Viviz e WJSN também parecem ter escolhido boas músicas um do outro. Hyolyn e Loona, em compensação, parecem ter escolhido músicas de qualidade bastante duvidosa – mas dizem os rumores que ambos impressionaram positivamente mesmo assim, então fica a expectativa.

        Curtido por 1 pessoa

      2. Imagino que o mesmo vale em relação a criar expectativas em cima de músicas ruins, certo?

        Confesso que eu estou menos ansioso pra ver as performances em si, e mais ansioso pra saber O RESULTADO… só torço pra que o Loona NÃO fique em último nesse segundo round (e, caso não fiquem mesmo, que nem elas e nem o grupo/Hyolyn que ficar em último no segundo round fiquem em último no terceiro).

        Nessas horas percebo o quanto dei sorte com os resultados do Queendom 1, onde ninguém ficou em último por mais de um round (mesmo que dois desses grupos em último tenham sido o AOA e o (G)I-DLE, ambos meus favoritos…).

        Curtido por 1 pessoa

      3. Acho que a performance do Loona vai cair no gosto dos coreanos e várias outras meninas (de outros grupos) cometeram erros que podem ser cruciais na votação…

        Curtir

  7. Acho muito chato também o desdém que o bg sofre no programa parece que ninguém lia para a existência delas ali ,e sinceramente acho que séria se algum grupo pegasse a discografia delas para apresentar sempre quis ver um cover de deepened

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pois é… acho que pesa o fato delas já serem consideradas velhas pros padrões de idols e ainda não terem conseguido descolar a imagem de ultrapassadas (mesmo com o fenômeno que foi “Rollin'” e com o sucesso considerável que todos os singles mais recentes delas tiveram desde o ano passado). Elas são muito talentosas e parecem ser bem divertidas de se conviver, então as outras idols saem perdendo por não se aproximarem mais delas.

      Bom, pelo menos a HaSeul falou pra elas que gosta de dançar “Rollin'” (mas até aí, quem não gosta?).

      Curtido por 1 pessoa

  8. O Loona mostrando à que veio e pra mim já são as campeãs morais (já que ganhar o Queendom depois de zerar no primeiro round é impossível)

    E Brave Girls sofrendo mais que a Juliette nesse programa: não são escolhidas pra nada, claramente são as mais deslocadas, ficaram em “ultimo” nesse roundo mesmo entregando tudo e agora vão ser obrigadas a apresentar alguma música do Kep1er (MVSK no caso que é a única que restou)

    Curtido por 1 pessoa

  9. Essa questão do WJSN tem várias problemáticas, né? Mesmo que elas sejam um grupo de relativo sucesso, parece que estão sempre desesperadas (e não só elas, claramente) pra continuarem tendo alguma atenção no país. Eu achei horrível isso de forçar uma pessoa doente a treinar. Não importa o quanto ela pareça bem, é um vírus que pode te bagunçar e mexe muito com os pulmões. Mas é isso, a Coreia parece aplaudir essas ideias de trabalhar até a exaustão e se algo der errado a culpa é toda sua. Que horror… Mas se pensar bem, entre o SISTAR hitando nos verões até onde existiu e o IVE sendo em disparada o grupo com maior potencial da empresa e quiçá da geração, é até compreensível a perseverança delas, mas com a ressalva de cima.
    Mamãe Hyolyn hita e faz tudo! Ela é tranquilamente a participante mais completa e boazuda da edição. Acho inclusive que ela foi esperta em escolher performar o Loona, pois talento ela tem para cobrir tudo o que as 12 meninas fazem, seja rap, dança ou o potencial estrondoso para vocal.
    O que dá pra perceber nas BG é quase o mesmo do WJSN: um medo considerável de serem esquecidas à medida que a indústria enche. Acho que pior do que nunca hitar na vida é hitar e cair no esquecimento (vulgo iKON pós Love Scenario). E acho que nenhuma delas já ganhou dinheiro o suficiente pra viver bem caso o flop bata na porta de novo.
    Assistir esses realitys é complicado. Sai um OMG no meio de cem lovelyz.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acho que de certa forma, o medo de ser esquecido cabe pra TODAS as competidoras do Queendom 2, não? Até a Hyolyn, que tem toda a trajetória do Sistar, tem tido dificuldade pra emplacar a carreira solo. O Viviz, mesmo tendo outrora sido o famoso Gfriend, ainda está se restabelecendo depois da saída conturbada da outra agência e de perder metade das integrantes (elas devem ter ficado aliviadas com o sucesso de “Bop Bop”, mesmo não tendo sido um sucesso muito grande). O Kep1er acabou de surgir mas tem data fixa pra terminar e o futuro das integrantes depois disso é incerto, então toda atenção que elas puderem receber ajuda bastante. E nem vamos falar do Loona, que nunca conseguiu emplacar na Coreia e tem a BBC cada vez mais bagunçada (não bastasse a crise financeira, ela ainda quer lançar um boygroup e OUTRO girlgroup)…

      Curtido por 2 pessoas

      1. Concordo, mas acho que os casos que citei tem um adendo bem significativo. Eu realmente não queria ser o WJSN, que com certeza vão ser comparadas constantemente com o início avassalador do IVE e pode ter certeza que se a starship conseguiu dar fim em um grupo como o SISTAR, pra elas sumirem não seria preciso muito.
        Acho que a coisa da Hyolyn é até pior, porque apesar dela ser tipo a Anitta coreana, o povo de lá não costuma abraçar o tipo de música que ela gosta de lançar. É tipo o SKZ, que apesar de ter ganho o Kingdom, o tipo de música deles não é o que os coreanos normalmente consumem, então é mais pra dizer “eu tô aqui” do que eu realmente acreditar que eles vão embalar charts por lá se não mudarem a sonoridade ou algo assim. Tá aí a IU, que 90% da discografia é umas músicas água com açúcar e o povo de lá abraça como se fosse o SOTY há mais de década.
        O VIVIZ realmente deve ter sentido essa separação. O GFriend era o típico grupo que não era estrondosamente popular, mas dentro do país ia bem e no final das contas é só o que importava. Torço muito pro Loona, também. Enfim

        Curtido por 1 pessoa

  10. Vou lançar meu textão pra lacra com a internet.

    6° – Kleber
    Acho a música ruim, a apresentação foi só um stage especial sem nada além, e a presença de palco de centavos. Tem umas ali que se destacam sim, mas como um todo, parece bem aqueles grupos robotizados que é muito filtro de instagram e pouca vontade no ao vivo.

    5° – WJSN
    Poderiam escolher uma música melhor (aquela não é ruim, mas tem melhores no catálogo delas), muita coisa deu errada, eu nem sabia da ampulheta quebrada, mas quando vi a cena delas levantando a estrutura vazia fiquei bem Natasha Caldeirão (maixxx o quê que tá acontesceindo?).
    No fim parece um stage especial de final de ano tbm.

    4° – VIVIZ
    Mandaram bem, mas tbm me parece um especial de final de ano com a metade da line up do Gfriend (o que não deixa de ser isso mesmo), mas não sei, acho que faltou algo ali.
    Não é uma apresentação ruim e nem mereciam os 3 votos de pior apresentação.
    A escolha das músicas tbm foi muito boa.

    3° – Loona
    Acho que em planejamento do que fazer elas foram as melhores, conseguiram servir aquilo que esse tipo de competição pede. Apresentações diferentes, remix, dança, adereços, e por ai vai.
    Não acho que PTT é a melhor escolha de música, poderiam ir pra Butterfly ou até algo das units.
    Mas foi o que tem e fizeram bonito.

    2° – Brave Girls
    Poderiam ter escolhido outras músicas, role role rolê já ta batida, esfolada, arregaçada de tanto que viralizou ano passado (isso que EU venho esfolando ela desde quando foi lançada) e Chi Mat Baram é um agudo pessadíssimo.
    Tem coisa ali no catálogo delas que seria muito mais aproveitável.
    Só que eu acho a apresentação mais “viva”, as meninas parecem estar se divertindo no palco, pulando, dançando, aproveitando o momento. Parece algo tão natural e gostoso de se ver o artista fazendo, principalmente hj em dia que no kpop são basicamente ae-idol, tudo robotizado e milimetricamente calculado, sem vida. (kpop sempre foi assim, mas parece estar só piorando).

    1° – Hyolyn
    Soltou o gogó na cabeça das novinhas tudo.
    Sozinha ela dominou o palco, aproveitou o espaço todo, fez um conceito bem “refrescante” que é a cara dela (e do Sistar), fugindo dos figurinos e cenários pesados que os outros grupos fizeram (e fazem no geral).
    Não tem historinha, é só um “sou gostosa pra carai, vou tomar uma sprite geladinha e rebolar o meu rabão”. E isso funciona tão bem.
    Mereceu demais o 1° lugar.

    Agora sobre um geral.
    Que plateia morta, fico é com pena dessas meninas mulheres se arrebentando em treinos, contratos escravo e se submetendo a dietas, assédios e mudanças em seus corpos as vezes até contra a vontade, pra apresentar seu trabalho e a plateia ser aquilo.
    Cadê a gritaria? O tesão em ver um show ali ao vivo?
    Coreano é muito fraco, ficar lá sentadinho balançando varetinha e umas palmas xoxas.

    Uma pena que provavelmente a MNET vai tentar forçar essa bomba de Kleber até um 2° lugar no mínimo. Nem que seja a base de propina do P101.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Eu achei de uma injustiça sem tamanho a posição do Brave Girls, sério. Concordo com 100% do seu ranking. E pelo amor de deus, alguém tira o Kebler desse programa, elas não possuem músicas!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. A menos que elas usem as músicas do GP999 (o que não seria má ideia em alguns casos).

      Mas agora, também, elas nem precisam mais: no segundo round elas vão fazer um cover das Brave Girls (e as Brave Girls que lutem pra achar alguma música do Kep1er), na primeira parte do terceiro round os desafios de canto e de dança costumam ser com músicas de grupos ou solistas que nem estão na competição e que podem nem mesmo ser de k-pop (a menos que a Mnet mude a regra no Queendom 2), e a final é justamente com cada grupo (e Hyolyn) cantando uma música inédita que gravaram especialmente pro programa.

      O único risco pra elas com a falta de músicas vai ser na segunda parte do terceiro round, em que os fãs escolhem as músicas do repertório de seus faves…

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s